Urbanização da Via Parque começa no próximo ano

Iwwa Agência
Publicado 31/07/2008 01:07:32

O projeto de pavimentação da Via Parque foi apresentado e discutido com a população na manhã de quinta-feira (31/07), durante consulta pública realizada na Associação Beneficente de Jauá, orla de Camaçari. A previsão é de que a primeira etapa da obra comece em maio do próximo ano.

A realização da consulta pública, organizada pela Secretaria de Planejamento da Prefeitura (Seplam) cumpre determinação do Instituto do Meio Ambiente (IMA), antigo Centro de Recursos Ambientais (CRA), que desde 2005 vem acompanhando a elaboração do projeto da Via Parque.

Após a realização das modificações sugeridas pela comunidade, será elaborado o projeto executivo, que deve ficar pronto em janeiro, para encaminhamento e apreciação do IMA, responsável por expedir o licenciamento ambiental para execução da obra. Em seguida, será enviado à APA (Área de Proteção Ambiental) Joanes Ipitanga para a aceitação.

Segundo Geneci Braz, gestor da APA, o projeto se configurou de forma diferenciada do ponto de vista ecológico. As intervenções na Via se adequam às necessidades da comunidade e obedecem às normas de preservação ambiental.

Roberto Cardoso, secretário da Associação de Moradores da Via Parque, garante que o projeto é tecnicamente planejado e sugere a instalação de lixeiras especiais nas extremidades da pista para coleta seletiva do lixo. De acordo com Eunaldo Silva, morador de Jauá há mais de 40 anos, “a pavimentação da Via é uma reivindicação antiga da comunidade e vai facilitar o acesso a Jauá”.

O secretário municipal do Planejamento, Roque Werlang, esclarece que “a Via Parque não é uma via alternativa, mas espaço de convivência e uso de moradores, motoristas e pedestres”.

Marcaram presença no encontro o sub-secretário do Turismo, Sinval Rios, superintendente da Superintendência de Trânsito e Transporte (STT), Francisco Franco, Antonieta Cândida e Antônio Sérgio de Araújo, representante da coordenação de licenciamento e técnico do IMA, respectivamente, mais o gestor da APA, Geneci Braz, secretário geral da associação de moradores de Jauá, Antônio Mendes, polícia militar e líderes comunitários.

A OBRA
O projeto prevê pavimentação em paralelepípedo, barreira física no acesso às dunas, rotas para passagem de animais e pontes nos locais de bifurcação com a lagoa, córregos e áreas úmidas.

Além disso, estão previstos sistema de drenagem, redutores de velocidade e tratamento paisagístico das margens, com recomposição da vegetação local. Os 2,6 quilômetros da Via serão totalmente iluminados, ganhará ciclovia, passeio, sinalização adequada e duas portarias de acesso com fiscalização constante.

Ainda está incluída a implantação de áreas de descanso para usuários que queiram um espaço de repouso e lazer. Os locais serão providos de espaço coberto com mesas, bancos e sombreamento arbóreo. Entre as determinações do projeto está ainda a proibição do acesso de veículos pesados. Compete à STT de Camaçari estabelecer as normas de circulação, entre elas, a velocidade máxima permitida que é de 60 quilômetros por hora.

Foto: Nelinho Oliveira

Moradores aprovam projeto de urbanização da Via Parque -

Mais Notícias

Elinaldo participa de cerimônia de entrega de duas escolas estaduais em Camaçari

Elinaldo participa de cerimônia de entrega de duas escolas estaduai...

Arembepe recebe GTs para construção do Plano Municipal de Cultura

Arembepe recebe GTs para construção do Plano Municipal de Cultura

Gestora da Seinfra recebe moradores de Barra do Jacuípe

Gestora da Seinfra recebe moradores de Barra do Jacuípe

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.