Teatro e palestra debatem menor e exploração sexual

Iwwa Agência
Publicado 18/05/2009 11:05:17

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual Infantojuvenil, comemorado nesta segunda-feira (18/05), foi marcado pela apresentação da peça teatral Flores, na Cidade do Saber Professor Raimundo Pinheiro. A iniciativa faz parte da Campanha Faça Bonito. Proteja Nossas Crianças e Adolescentes.

Depois da encenação, atores, profissionais do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), e a delegada Janaína Dore, da Delegacia Especializada de Atendimento á Mulher (Deam) debateram com os alunos de escolas públicas e privadas, e jovens atendidos por programas da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) de Camaçari, sobre violência contra crianças e adolescentes.

Para o coordenador e comissariado da Infância e da Juventude de Camaçari, Luiz Augusto Figueiredo, a escola tem um papel importante na identificação de menores, vítimas de violência, que percebe as mudanças de comportamento do aluno e aciona o conselho tutelar.

De acordo com os coordenadores do Conselho Tutelar da sede e da orla, Domingas Magalhães e Romilson Silva, a média diária de denúncias feitas ao órgão chega a 30 ligações.

A psicóloga do Creas, Rejane Brandão, diz que mais ações preventivas que alertem sobre a importância da denúncia serão realizadas. “As pessoas precisam ter ciência de que o abuso e a exploração às crianças e adolescentes existem e que as denúncias quebram esse ciclo de violência”, garante.

O aluno da escola Edgar Santos, Yuri de Jesus Silva, garante que agora ficará atento e não admitirá nenhum tipo de violência a menores. “A peça e o debate foram muito proveitosos. Agora sei como as vítimas de violência se comportam e como devo proceder para ajudar”, diz.

Camaçari possui ampla rede de apoio à criança e adolescente vítima de violência, composta pelo Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), o Conselho Tutelar e o Juizado de Menores, além de diversas escolas do Município, parceiros na rede de enfretamento à violência contra menores.

Para fazer denúncias basta ligar para 08002847744 ou para o Disque Denúncia 100.

Foto: Carol Garcia

Depois a encenação, alunos debateram sobre violência -

Mais Notícias

Camaçari vai sediar XVIII Seminário da ACTEBA

Camaçari vai sediar XVIII Seminário da ACTEBA

Catadores de recicláveis são cadastrados para o Festival de Arembepe

Catadores de recicláveis são cadastrados para o Festival de Arembepe

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us