STT recoloca redutor de velocidade na Via Parafuso

ASCOM BOT
Publicado 21/11/2008 10:11:14

Para garantir a integridade física de motoristas e pedestres que circulam pelas imediações do viaduto do Trabalhador, na Via Parafuso (BA-535), a equipe técnica da Superintendência de Trânsito e Transporte de Camaçari (STT) recolocou nesta sexta-feira (21/11), os redutores de velocidade com fileiras duplas.

O equipamento foi retirado na quinta-feira (20/11) pelo Derba. Na próxima terça-feira (25/11), na sede da STT, técnicos da Prefeitura, representantes do Pólo, Derba e lideranças comunitárias discutem as próximas etapas do projeto.

De acordo com a STT, a iniciativa foi tomada por entender que a medida previne acidentes, prova disso é que durante os seis meses em que os tachões estiveram na estrada, não foram registrados casos de colisão ou atropelo.

A retirada de todos os redutores pelo Derba descumpre o acordo firmado pelo órgão do Estado com a Prefeitura, Cofic (Comitê de Fomento Industrial de Camaçari), empresas do Pólo Petroquímico, Polícia Rodoviária Estadual e lideranças comunitárias.

O superintendente de Trânsito e Transporte do Município, Francisco Franco, garante que o Município se preocupa com a segurança dos cidadãos e reforça que as outras duas fileiras devem ser retiradas após as intervenções previstas serem concluídas.

Franco lembra que só após a ampliação do canteiro central da pista, trecho do viaduto do Trabalhador, e a reforma da passarela será possível eliminar os tachões.

Foto: Agnaldo Silva

Equipamento melhora segurança na área do viaduto -

Mais Notícias

Obras do Viaduto do Trabalhador se mantém em ritmo acelerado

Obras do Viaduto do Trabalhador se mantém em ritmo acelerado

Prefeito se reúne com gestores da Sesau para tratar sobre vacinação

Prefeito se reúne com gestores da Sesau para tratar sobre vacinação

Mais 1.660 doses de vacina contra Covid-19 chega a Camaçari

Mais 1.660 doses de vacina contra Covid-19 chega a Camaçari

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.