STT alerta sobre riscos de animais em vias e chama atenção para prejuízos

ASCOM
Publicado 06/10/2022 11:10:10

A Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT) de Camaçari faz alerta sobre os riscos aos quais estão expostos os animais e condutores que circulam pelas vias municipais e estaduais. Ao longo do ano, o órgão resgata equinos, asininos e muares que são deixados, inicialmente em terrenos baldios, e muitos às vezes acabam se deslocando para os locais de circulação viária, inclusive transitando pelas rodovias, trazendo riscos de acidentes de trânsito, até mesmo fatais.

Com o objetivo de conscientizar os proprietários, cuja maioria utiliza os animais como instrumento de trabalho, a superintendência chama a atenção para a importância de pensar na segurança dos animais, que podem ser atropelados e vir a morrer na via. Para aqueles que dependem deles para o transporte de cargas, os prejuízos são maiores.

Trabalhando com vistas à prevenção das ocorrências, a STT, em parceria com as concessionárias Litoral Norte (CLN) e Bahia Norte (CBN), administradoras respectivamente das rodovias estaduais BA-099 (Estrada do Coco) e BA-535 (Via Parafuso), realiza ações educativas junto às comunidades situadas no entorno das rodovias, além de fazer rotineiramente, os resgates dos animais encontrados nas vias estaduais e municipais.

Os resultados dos trabalhos dos entes público e privado, com enfoque na conscientização da população, tem garantido resultados significativos. De acordo com dados levantados pela concessionária CLN, os números de acidentes de trânsito na Estrada Coco envolvendo animais, apresentou redução de 60% entre os anos de 2019 e 2021.

Vale ressaltar, que dentre as atribuições da STT, estão a apreensão, resgate e transporte dos animais abandonados em via pública, que são levados em área contínua ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), órgão vinculado à Secretaria da Saúde (Sesau), onde ficam guardados até que os donos pegue-os de volta, mediante pagamento das despesas geradas para a sua manutenção, acrescido de percentual de taxas administrativas. A retirada só é possível com a apresentação de algum tipo de registro que prove a tutela do animal, como uma foto, por exemplo.

Ao trafegar pelas referidas estradas estaduais e avistar um animal solto no leito ou na margem das vias públicas, a orientação aos condutores é reduzir a velocidade do veículo e, caso seja à noite, baixar a luminosidade do farol. Em seguida, ligar o pisca alerta e avisar aos outros motoristas que há perigo na pista e, por fim, entrar em contato com a Central de Operações e Informações (COI) da STT, através do número (71) 3454-1877, ou falar diretamente com a CLN no 0800 071 3233, ou ainda com a CBN, através do número 0800 600 0093.

Mais Notícias

Inscrições para concurso de Cartão de Natal são prorrogadas até 7/12

Inscrições para concurso de Cartão de Natal são prorrogadas até 7/12

Idosos do Conviver têm manhã com música e muita animação

Idosos do Conviver têm manhã com música e muita animação

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us