Seminário discute Urgência médica

Iwwa Agência
Publicado 13/07/2010 05:07:17

Camaçari sediou durante terça-feira (13/07) o I Seminário Regional de Atendimento às Urgências.

O encontro, aberto pelo prefeito Luiz Caetano, debateu uma política regional de atendimento de urgência com qualidade para a população.

O evento também abordou a criação de um Comitê de Urgência e a participação da Atenção Básica no atendimento às pequenas urgências. 

Para o presidente do Conselho Municipal da Saúde, Paulo Costa, o seminário é de extrema importância para corrigir algumas especificidades que não estão a contento, principalmente no que diz respeito ao primeiro atendimento na urgência e emergência.

“Há alguns ajustes a serem feitos, mas mesmo assim, Camaçari é referência no Estado no que diz respeito à saúde”, salientou.

Apesar da agenda apertada, o prefeito Caetano fez questão de participar da abertura do seminário pela importância que tem o tema e pela complexidade que é a saúde.

Ele frisou que a educação e a saúde são as “pernas” do governo e da sociedade. Lembrou também que o atendimento nas unidades de saúde melhorou muito nos últimos cinco anos, mas ainda precisa ser aprimorado e, por isso, a administração tem apostado na humanização do Sus.

O prefeito salientou aos participantes do evento que eles “têm nas mãos a vida de muita gente e uma responsabilidade muito grande”, e solicitou que ajudem os gestores das cidades que representam, a fazerem uma saúde pública com qualidade.

Por fim, Caetano orientou a todos os funcionários da Saúde de Camaçari que busquem cada vez mais a participação da sociedade.

O secretario da Saúde do Município, Camilo Pinto, explicou que a forma de administrar do prefeito Caetano é ao lado povo.

“Prova disso é este seminário no qual vamos discutir as ações, ao invés de impô-las à comunidade”, frisou o secretário. Ele falou ainda o quanto é forte o investimento da administração municipal na saúde de Camaçari.

A programação do I Seminário Regional de Atendimento às Urgências contou com uma palestra sobre A política nacional de atendimento às urgências, ministrada pelo coordenador de Urgência do Estado, Paulo de Tarso, e duas mesas redondas sobre Política estadual e municipal de urgência.

Participam do evento, profissionais que atuam na urgência nas cidades de Camaçari, Dias D’Ávila, Mata de São João, Pojuca, Itanagra, Conde e São Sebastião do Passé, todos integrantes da Micro-Regional no Samu Regional, sediado em Camaçari.

A abertura contou com a presença de secretários municipais e do vereador Alfredo Andrade (PSB).

 CAMAÇARI

O atendimento de urgência e emergência em Camaçari conta com boa estrutura e até supera o que é preconizado pelo Ministério da Saúde em termos de quantidade e qualidade dos recursos humanos e materiais.

No Município, o atendimento na área é feito pelo Samu 192 – que regula o atendimento de outros seis municípios da região -, cinco Postos de Atendimento 24 horas, situados na sede, orla e zona rural, o Hospital Geral de Camaçari (HGC) e ainda uma clínica particular do Município conveniada ao SUS.

No que diz respeito ao quantitativo de postos 24 horas, por exemplo, o Ministério da Saúde orienta que haja uma UPA tipo 1 para cada 50 mil pessoas.

Em Camaçari são cinco UPA’s, o que possibilita atender uma população de 250 mil habitantes.

Foto: Agnaldo Silva

Prefeito destacou os avanços na saúde -

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 19 de setembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 19 de setembro de 2021

Vacinação contra Covid segue nesta segunda (20) em Camaçari

Vacinação contra Covid segue nesta segunda (20) em Camaçari

Prefeitura não decretará ponto facultativo no dia 27 de setembro

Prefeitura não decretará ponto facultativo no dia 27 de setembro

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.