Semana do Idoso debate saúde e direitos

ASCOM BOT
Publicado 25/09/2008 02:09:26

Os direitos da pessoa na terceira idade foram discutidos nesta quinta-feira (25/09), no Espaço Conviver, durante a Semana do Idoso. As comemorações seguem até o próximo mês com palestras e atividades recreativas. Os participantes assistiram a palestra Hipertensão e Diabetes: Atendimento Prioritário nos PSFs e UBSs de Camaçari.

Em seguida, prestigiaram a encenação de peça teatral com idosos do Espaço Conviver. O espetáculo chamou atenção para os cuidados com a saúde. Para Dermerval Rodrigues da Purificação, 76 anos, a Semana do Idoso é um momento para obter informações e se integrar com outras pessoas. “Na palestra fiquei sabendo dos cuidados que devo ter como hipertenso. Essa é uma forma de nos valorizar”.

Integrante do Conviver há 13 anos, Braulina dos Santos, 70, fala satisfeita sobre o que aprendeu no local. “Aqui comecei a costurar, fazer pintura em tecido, e agora sou aluna do curso de alfabetização”.

A programação continua com a psicóloga Edivana Almeida, que profere a palestra Gênero e Velhice: Um estudo sobre as mudanças no envelhecimento, na terça-feira (30/09), a partir das 14h. Em seguida, os participantes assistem à explanação do tema Saúde mental na terceira idade, pela assistente social Débora Brizolara. A apresentação do grupo de samba de roda dos idosos do Conviver animam as atividades do dia.

DIA INTERNACIONAL
O Dia Internacional do Idoso (01/10) será marcado pelas palestras O papel da família do Idoso e Doenças osteoarticulares, das 9h às 11h, e das 14h às 17h, Saúde Bucal. Ao final, serão entregues kits de higiene (pasta de dente, escova e fio dental) aos participantes. Após as palestras, o grupo de coral do Conviver se apresenta.

Todas as atividades são coordenadas pela Secretaria da Assistência Social (Seas) e acontecem no Espaço Conviver.

A Caminhada da Paz marca o encerramento da Semana do Idoso, no dia 2 de outubro. Os participantes saem às 9h da sede do Conviver com destino à Prefeitura. Grupo de diabéticos e hipertensos também marca presença no evento.
POLÍTICAS
As políticas públicas sociais relacionadas à proteção do idoso em Camaçari garantem acesso à rede de serviços de educação, assistência social e saúde. Atualmente, mil pessoas são atendidas pelo Espaço Conviver, Centro de Referência da Assistência Social (Cras), projetos de alfabetização e parcerias com organizações não-governamentais (ONGs). “O município é referência na Bahia pelo atendimento e respeito à pessoa da terceira idade”, diz Maria Tereza Rodrigues, coordenadora da Política do Idoso de Camaçari.

Grande parte dos benefícios se concentra no Espaço Conviver, que garante ações de cultura, recreação, reabilitação física, lazer, educacão, além de aulas de canto e ginástica aeróbica. Através de parceria com três ONGs, os idosos de Catu de Abrantes, Arembepe e Vila de Abrantes têm acesso a atividades educativas, recreativas e atendimento com assistentes sociais e psicólogos.

No Centro de Referência da Assistência Social (Cras), o atendimento se estende para toda família. São ofertadas sessões com psicólogos, palestras, dinâmicas de grupo e jogos. Os Cras funcionam nos bairros Buri Satuba, Verde Horizonte, Parafuso e Barra do Pojuca.

Aqueles que não sabem ler e escrever são beneficiados pelo Alfabetiza Camaçari, que prevê aulas de alfabetização durante oito meses. As aulas são ministradas por alfabetizadores voluntários que moram próximos das áreas beneficiadas. Cerca de 40% da turma, que forma em dezembro, é composta por idosos

Foto: Paulo Mocofaya / Arquivo

Camaçari é referência em programas para a 3ª idade -

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 21 de Janeiro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 21 de Janeiro de 2021

Sedap dinamiza feiras itinerantes

Sedap dinamiza feiras itinerantes

Decreto prorroga medidas preventivas à Covid-19 até o dia 19 de fevereiro

Decreto prorroga medidas preventivas à Covid-19 até o dia 19 de fev...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.