Seduc recebeu Diego Copque no Café com Prosa nesta sexta (26/11)

ASCOM
Publicado 26/11/2021 07:11:37

O historiador, pesquisador e escritor Diego Copque foi o convidado da roda de conversa na tarde de autógrafos desta sexta (26/11), promovida pelo projeto Café com Prosa, da Secretaria da Educação (Seduc) de Camaçari. Por meio de sua obra, “Do Joanes ao Jacuípe: uma história de muitas querelas, tensões e disputas locais”, o autor dividiu, com cerca de 200 gestores e professores da rede pública municipal de educação, fatos que escrevem capítulos até então inéditos da história do município baiano.

A sala Jorge Amado do Resort Vila Galé, em Guarajuba, recebeu o bate-papo com a sessão de autógrafos. O evento também reservou espaço às obras Cadernos de Aprendizagem para Educação Escolar Quilombola e do Campo e Cadernos Pedagógicos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), projetos autorais da rede.

Para Neurilene Martins, retomar o Café com Prosa é reforçar a formação do professor enquanto leitor, permitindo a reafirmação da escola como principal espaço para a formação de leitores. “Encontros como esse, além de proporcionar essa confraternização, traz aí um mote que é o da formação. Os professores têm direito do encontro com os livros, e hoje temos aqui uma oportunidade muito linda que é conhecer, para quem ainda não conhece, o autor Diego Copque, promovendo roda de conversa sobre a obra dele, bem como sobre os Cadernos Pedagógicos que nossa rede está produzindo”, evidenciou.

Para Diego Copque, poder dialogar com gestores e professores do município é viver uma espécie de déjà vu. “Quando o nosso trabalho se materializou como livro, eu pensei num momento como esse. Não sabia exatamente quando ele aconteceria, mas eu pensei num momento assim”, revelou, emocionado, o autor.

A mesa de abertura teve a participação e mediação da professora e secretária Neurilene Martins, com a presença do historiador Diego Copque, do professor da Universidade do estado da Bahia (Uneb), Marcio Vila Flor, e da diretora da escola Marcos Ivo Bona, professora Tamires Santos Tavares. O encontro teve participação artística do artista plástico Nilson Carvalho, e do violonista Edgar Ribeiro.

O objetivo da iniciativa é pôr, frente a frente, autor e leitor, proporcionando aos gestores e professores da rede, experiência de formação e autoformação em torno da temática do livro, bem como da experiência na relação com o autor da obra. No evento, cada participante foi presenteado com um exemplar da publicação “Do Joanes ao Jacuípe: uma história de muitas querelas, tensões e disputas locais”.

O projeto Café com Prosa acontece desde 2017, e já teve como convidados a escritora Fátima Freire (2017) – com a obra “Quem educa marca o corpo do outro”, Ilan Brenman (2018) – que trouxe temas diversos, e Mabel Veloso (2019) com o livro “Farol”. O projeto foi suspenso em 2020, em razão de fase aguda da pandemia da Covid-19, sendo retomado em 2021.

Mais Notícias

Soma realiza roda de conversa em celebração ao Dia da Visibilidade Trans

Soma realiza roda de conversa em celebração ao Dia da Visibilidade ...

Seduc reúne pais e responsáveis em fórum de avaliação do PEV

Seduc reúne pais e responsáveis em fórum de avaliação do PEV

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 28 de janeiro de 2022

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 28 de janeiro de 2022

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.