Sedap faz balanço dos 100 primeiros dias de gestão

ASCOM
Publicado 12/05/2021 04:05:05

Durante os 100 primeiros dias de gestão da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pesca (Sedap) de Camaçari, mesmo com a pandemia e as dificuldades geradas por ela, a exemplo do fornecimento de produtos agrícolas, a pasta continua o trabalho de fortalecimento dos segmentos.

Até o momento, a Sedap manteve a compra e distribuição de sementes, iniciativa realizada constantemente pela pasta, que visa potencializar e incentivar a produção agrícola, respeitando a cultura de plantio dos produtores familiares do município. Nesses primeiros meses, a ação já beneficiou cerca de 450 agricultores. No que diz respeito à compra e distribuição de sementes, o quantitativo de milho chegou a 1 tonelada. Na aquisição de sementes de hortaliças, a Sedap investiu R$ 50 mil.

A distribuição de adubos e calcário é uma ação inédita da Sedap, que adquiriu pela primeira vez, com recursos próprios, para disponibilização aos agricultores. Fundamentais para o crescimento e vitalidade da planta e a correção do solo, esses itens são um forte ponto de incentivo à agricultura familiar da cidade. Sobre a compra e distribuição de adubos, chegou a 100 toneladas de calcário dolomítico e a mesma quantidade de adubo de torta de mamona.  

Ainda houve o retorno das compras do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que é fruto do convênio entre o Ministério da Cidadania e a Prefeitura de Camaçari. A iniciativa vem beneficiando produtores rurais e instituições de todo o município. Ao todo, são 285 produtores cadastrados e 32 instituições vinculadas beneficiadas. Até o momento, já foram adquiridas quase 34 toneladas de alimentos, totalizando cerca de R$ 152 mil investidos e mais de 60 produtores beneficiados.

A Sedap deu início às tratativas para firmar um acordo de cooperação técnica com a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) para obter acesso a uma assessoria técnica e capacitações voltadas para a agricultura, pecuária e pesca no município. Através da parceria, a estimativa é beneficiar 200 agricultores e 200 pescadores da região.

Entre os temas sugeridos, que serão levados para avaliação para a criação do planos de trabalho estão: estratégias para o desenvolvimento e fortalecimento do setor aquícola e pesqueiro, com base nas características predominantes do município; implantação de novas tecnologias para exploração e cultivo de organismos aquáticos (ostras, mexilhões, etc.); fortalecimento dos sistemas de cooperativismo no município e/ou criação de uma cooperativa central através de incubadora de negócios; diagnóstico e desenvolvimento de potencial produtivo e seus produtos derivados, voltados para agricultura de predominância familiar; além da avaliação das possibilidades para implantação de sistemas de beneficiamento dos produtos agrícola e pesqueiro do município. Sobre o Mais Pesca, programa de incentivo à capacitação e auxílio financeiro ao pescador artesanal, 200 pescadores aptos recebem o benefício. A iniciativa, pioneira na Bahia, atrela o incentivo financeiro à capacitação da atividade pesqueira e segue beneficiando pescadores e famílias cadastrados.

Mais Notícias

Lavagem de Jauá reúne mais de 8 mil pessoas neste sábado (28)

Lavagem de Jauá reúne mais de 8 mil pessoas neste sábado (28)

Sedes realiza ação contra o trabalho infantil durante festejos da Lavagem de Jauá

Sedes realiza ação contra o trabalho infantil durante festejos da L...

Em cortejo, Bom Jesus dos Navegantes é celebrado na Lavagem de Jauá

Em cortejo, Bom Jesus dos Navegantes é celebrado na Lavagem de Jauá

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us