Saúde Feminina é pauta do Março Mulher no Cram Yolanda Pires

ASCOM
Publicado 05/03/2020 12:03:57

Foi com o auditório lotado por dezenas de mulheres que a Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes) realizou através do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram) Yolanda Pires, uma roda de conversa com o tema: Saúde levada a sério.

A ação, que aconteceu nesta quarta-feira (4/3),  abriu oficialmente as atividades do Março Mulher – Bem Me Quero, foi resultado da parceria entre o Cram Yolanda Pires e o Centro Médico do Pólo. O evento contou com a participação de profissionais da área de saúde, e teve o intuito de conscientizar as mulheres sobre a importância dos cuidados com a saúde mental, emocional e física.

Para a gestora da Sedes, Andréa Montenegro,“O Março Mulher com o tema Bem Me Quero, é de suma importância. Esse um momento em que damos mais destaque ao cuidado da mulher e buscamos salientar todo empoderamento, valorização que nós mulheres temos que ter, e devemos buscar mais. Hoje damos destaque não só a saúde física, mas também à saúde mental”, disse.

Na abertura do evento, a coordenadora do Centro de Referência de Atendimento à Mulher, Bela Batista, deu as boas-vindas e falou sobre o objetivo do Março Mulher. “Bem me quero, esse é o tema do nosso Março Mulher para este ano, que tem como objetivo promover ações que abordam a luta diária das mulheres contra o machismo, preconceito, desigualdade salarial e a todo e qualquer tipo de violência”, explicou.

Na sequência, a ginecologista Rosana Almeida, palestrou sobre a saúde feminina. “Nosso objetivo é levar informações a respeito da saúde da mulher. E esse mês é ainda mais especial, pois o Centro Médico do Pólo comemora 22 anos de atuação no município. Nós mulheres estamos vivendo mais. Em 1940 a mulher vivia em torno de 45 anos e não chegava à menopausa, pois não existia manutenção da saúde. Hoje nós temos uma expectativa de vida, de 76 anos. Então, dentro desse ciclo de vida da mulher nós temos situações importantes que merecem uma atenção à saúde”, sinalizou.

Em seguida, a psicóloga Gisa Benevides, abordou sobre a saúde emocional da mulher. “Ter saúde mental e emocional implica em manter o equilíbrio entre a emoção e sentimento, ação e comportamento, e atitude e pensamento”, destacou.

A programação contou ainda com uma palestra sobre alimentação saudável ministrada pela nutricionista, Larissa Santana, e momento de dinâmica dançante com a professora Karol Ribeiro. Para finalizar, as mulheres foram presenteadas pelo Centro Médico do Pólo com uma coleta de preventivo, totalmente gratuita.

Slideshow | 6 fotos

Saúde Feminina é pauta do Março Mulher no Cram Yolanda Pires

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 18 de Janeiro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 18 de Janeiro de 2021

ISSM realiza quase 6 mil atendimentos em 2020

ISSM realiza quase 6 mil atendimentos em 2020

Sedes lança campanha “Respeite Meu Nome” voltada para público transexual

Sedes lança campanha “Respeite Meu Nome” voltada para público trans...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.