Rede de esgoto melhora vida da população

Iwwa Agência
Publicado 13/04/2009 01:04:13

As obras de implantação da rede de esgoto, na sede e orla de Camaçari, além de melhorias em infra-estrutura trazem benefícios ao meio ambiente e à saúde da população.

O saneamento básico afasta a possibilidade de contato das pessoas com dejetos, reduzem as despesas com o tratamento da água utilizada para abastecimento e diminui a incidência de diversas doenças, contribuindo para redução dos gastos com saúde pública.

Segundo a secretária municipal da Saúde (Sesau), Efigência Cardoso, o maior benefício do saneamento básico está relacionado à prevenção.

Estudos mostram que para cada cerca de R$ 1,00 investido em esgotamento sanitário, o poder público economiza R$ 4,00 em assistência médica.

O acesso à água potável e às condições mínimas de higiene impedem a propagação de uma série de doenças e os custos advindos do tratamento, garante a secretária da Sesau.

As intervenções evitam que a comunidade adquira doenças transmitidas pelo contato com a água. As verminoses, cólera, dengue, diarréias, febre amarela, hepatites, febre tifóide estão entre maiores incidências.

Geralmente, as vítimas mais comuns são crianças e idosos, “pois o organismo é mais vulnerável e possui menos capacidade de retenção de líquido”, como alerta o médico sanitarista e diretor de Planejamento da Sesau, Walbert Ferreira Medina.

OBRAS
A implantação do sistema de esgotamento sanitário está atualmente com obras em andamentos nos seguintes bairros e ruas da sede de Camaçari.

No bairro Camaçari de Dentro, as obras acontecem nas ruas Santa Rosa, União, travessa Coronel Tamarindo e Curió.

A parceria Prefeitura Embasa também está instalando rede de esgoto nas ruas Boa Esperança, Dois de Maio e Ambrósia (bairro 2 de Julho)
Avenidas Contorno, Concêntrica e Leste, Radiais A e B, e rua das Almas (bairro dos 46 ).

Também estão sendo executados serviços nas ruas Alto do Triângulo e Argila (Alto do Triângulo), Rio Bandeira (Gravatá), do Canal (Gleba A), Nova Vitória (Nova Vitória), da Alvorada, Barranco, da Paz, Assembléia, Rio Bandeira e 2ª Travessa dos Pinheirais (Parque Florestal).

No bairro do Natal, os serviços estão sendo feitos na rua do mesmo nome, na rua Nova Vitória (Nova Vitória),e na Travessa Gonçalves Dias (Alto da Cruz).

Na orla, estão sendo realizados serviços nas ruas da Subestação, Grajerus e do Lavra (Monte Gordo), Alameda da Lagoa (Guarajuba), Invasão do Areal (Barra do Pojuca), Principal, Praia da Espera e Felicidade (Itacimirim).

A previsão é de que os trabalhos sejam concluídos ainda este ano. A intenção da administração municipal é de estender o sistema de esgotamento também para as localidades de Arembepe, Jauá e o distrito de Vila de Abrantes.

No caso de Arembepe, a Prefeitura está realizando o levantamento topográfico para posteriormente desenvolver o projeto e captar recursos. O objetivo é iniciar as obras até o final do ano.

Realizada com recursos do governo do Estado, a implantação do sistema de esgotamento da orla representa investimento de, aproximadamente, R$ 25 milhões.

Enquanto o da sede, realizado com 90% da verba do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal, e 10% do governo estadual, supera os R$ 64 milhões. A previsão é de que em maio de 2010 terminem as obras de saneamento básico da sede.

Mais Notícias

Prefeitura não decretará ponto facultativo no dia 27 de setembro

Prefeitura não decretará ponto facultativo no dia 27 de setembro

Defesa Civil e PM auxiliam moradores durante desocupação de imóvel

Defesa Civil e PM auxiliam moradores durante desocupação de imóvel

Moradora da costa é contratada após capacitação promovida pela prefeitura

Moradora da costa é contratada após capacitação promovida pela pref...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.