Rede de atenção à mulher é elogiada

Iwwa Agência
Publicado 06/12/2012 03:12:51

“Camaçari possui uma ampla rede de atenção e de proteção à mulher, enquanto muitos Municípios ainda não conseguiram implantar”. A declaração foi feita pela secretária estadual de Políticas para as Mulheres, Vera Lúcia Barbosa, durante abertura do seminário alusivo à campanha 16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, nesta quinta-feira (06/12), na Cidade do Saber.

Segundo a secretária, é preciso fortalecer as ações feitas em Camaçari no combate à violência contra as mulheres e expandir o trabalho para todo o Estado.  Para isso, segundo a secretária, o governo estadual estabeleceu três premissas básicas para transversalizar o tema. “As ações consistem em construir um trabalho em rede com um sistema de abrigamento no estado, fortalecer a Lei Maria da Penha e desconstruir a cultura patriarcal que desvaloriza a mulher”, destacou.  

O secretário municipal da Cidadania e Inclusão, Carlos Silveira, também prestigiou o evento. Para ele, as pessoas precisam se conscientizar e combater todo tipo de violência contra a mulher, seja ela física, psicológica ou social.

O seminário contou com seis rodas de conversas sobre discriminação, violência e o papel da mulher na sociedade. Cada uma delas teve duas facilitadoras, que são pesquisadoras e atuam com a questão do gênero. 

Para a diretora executiva do Integro (Instituto de Tecnologia, Educação e Gestão Organizacional), órgão responsável pelas atividades relacionadas do evento, Francisca Vasconcelos, este é um momento em que as mulheres têm a oportunidade de externar os problemas e receber orientações.      

As atividades foram retomadas às 14h, com uma mesa redonda sobre o tema Em busca da cidadania e da justiça – Mulheres em diversos campos de atuação. O debate é mediado pela doutoranda do programa de Pós-graduação da Família na Sociedade Contemporânea da Ucsal (Universidade Católica de Salvador), Claudia Barbosa.

A mesa redonda aborda ainda o tema Mulheres na Política Baiana e em seguida abre espaço para um bate-papo sobre o assunto com a vereadora eleita de Camaçari, professora Patrícia Oliveira (PT).   

Sexta-feira (07/12) serão formadas novas rodas de conversa e mesas redonda sobre a mesma temática. Desta vez, a doutoranda Simone Ganem aborda o tema Dores do corpo, dores da alma, no qual expõem o trabalho desenvolvido com mulheres mastectomizadas.

Em seguida, a psicóloga do Centro de Referência Loreta Valadares, Suely Lobo, dá continuidade à programação com mesa redonda e bate-papo com a secretária municipal da Mulher, Elaine Souza.   

As atividades em alusão aos 16 Dias de Ativismo prosseguem com seminário e vigílias, no dia 10 de dezembro, na praça Desembargador Montenegro. No dia 14, a caminhada de protesto acontece na praça Abrantes.  

PROGRAMAÇÃO

Sexta-feira (07/12)

8h: Sessão de abertura

8h30 às 09h30: Atividades de integração

9h30 às 10h Coffe Break

10h às 12h Rodas de conversa parte II – Temáticas diversas sobre a violência contra a mulher

12h às 14h: Almoço

14h às 15h30: Mesa redonda parte II: Em busca da cidadania e da justiça: Mulheres em diversos campos de atuação

15h30 às 16h: Coffee break

16h às 17h30: Mesa redonda parte II (continuação)

17h30 às 18h: Debate

18h: Encerramento

Segunda-feira (10/12)

13h às 17h: Vigília na praça Desembargador Montenegro

17h: Encerramento

Quinta-feira (13/12) 

2º SEMINÁRIO 

8h: Credenciamento

8h30:  Sessão de abertura

9h às 09h30: Atividades de integração

9h30 às 10h: Coffee break

10h às 12h: Mesa redonda – parte I – Violências sobrepostas: realidades, urgências e ações.

Vanessa Cavalcanti (UCSAL) – Violência(s) contra as mulheres: Injustiças, direitos humanos e políticas públicas.

12h às 14h: Almoço

14h às 15h30: Mesa redonda – parte I (continuação)

Gina Emília Costa Gomes (UCSAL) – Conversando sobre mulheres e violências.

15h30 às 16h: Coffee break

16h às 17h30: Mesa redonda parte I (continuação)

Gina Emília Costa Gomes (UCSAL) – Conversando sobre mulheres e violências.

17h30 às 18h: Debates

18h: Encerramento

Sexta-feira (14/12)

8h: Sessão de abertura

8h30 às 09h30: Atividades de integração

9h30 às 10h: Coffee break

10h às 12h: Mesa redonda – parte II – Violências sobrepostas: realidades, Urgências E ações.

Heleneci Souza Nascimento – Delegada Titular da DEAM de Brotas

Gina Emília Costa Gomes (UCSAL) – Conversando sobre mulheres e violências.

12h às 14h: Almoço

14h às 17h: Vigília na praça Abrantes

17h às 18h: Encerramento

 

Slideshow | 5 fotos

Rede de atenção à mulher é elogiada

Mais Notícias

Vacinação contra Covid segue nesta quinta (28) com antecipação de doses

Vacinação contra Covid segue nesta quinta (28) com antecipação de d...

Curso prepara ambulantes e baianas de acarajé para o verão

Curso prepara ambulantes e baianas de acarajé para o verão

Membros do Conselho Gestor do Fundo de Habitação de Interesse Social tomam posse

Membros do Conselho Gestor do Fundo de Habitação de Interesse Socia...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.