Projeto insere mulheres no mercado de trabalho

Iwwa Agência
Publicado 31/03/2010 05:03:22

No dia em que se dá o encerramento oficial do Programa Março Mulher, a Prefeitura de Camaçari, em parceria com a Secretaria da Promoção e Políticas da Promoção da Mulher e da Reparação, realizou nesta quarta-feira (31/03), na Cidade do Saber, a aula inaugural da terceira etapa do Projeto Mulher Cidadã.

Em apenas duas etapas, o programa beneficiou mais de 1.200 mulheres. O projeto tem como principal objetivo a qualificação social e profissional, tendo como público alvo as mulheres beneficiadas ou cadastradas no programa Bolsa Família.

Na terceira etapa, estão sendo oferecidas 400 vagas, distribuídas entre os cursos de cabeleleira, massoterapia, artesanato, depilação e maquiagem e panificação. Os cursos têm carga horária de 160 horas e duração de quatro meses. As turmas serão iniciadas a partir de 12 de abril.

Fizeram parte da composição da mesa o prefeito Luiz Caetano, a presidente da Câmara, vereadora Luiza Maia, a secretária da Seprom, Aurenita Castilho, o deputado estadual Bira Coroa, a ex-aluna Carolina Rebouças e a coordenadora da Fapes (Fundação de Administração e Pesquisa Econômico-social), Gal Moura.

O prefeito homenageou as professoras do curso e convidou as mulheres a opinarem ativamente das políticas voltadas à mulher. “Quero a participação das mulheres na eleição dos cursos. Desta forma será possível atender demandas reais”.

De acordo com a secretária Aurenita Castilho, o projeto é uma forma de enfrentamento das mulheres carentes do Município. Durante o encontro, a vereadora Luiza Maia ressaltou que a tarefa das atividades do lar é de responsabilidade de quem mora dentro de casa e não apenas da mulher. “Mais de 40% dos lares de Camaçari são chefiados por mulheres. Portanto, nós temos muito a conquistar, vivendo longe da subordinação, inferioridade e exclusão”, salientou.

Um vídeo institucional com depoimentos de alunas que estão no mercado de trabalho demonstrou, através de números, que o projeto atendeu as expectativas e inseriu dezenas de mulheres no mercado de trabalho. “Independência financeira. Esta é a minha principal conquista”, declarou a ex-aluna do curso de panificação, Adriana Santana, que já montou o próprio negócio.

Estiveram presentes no encontro os secretários da Habitação, Djalma Machado, da Administração, Ademar Delgado, de Relações Institucionais, Ademar Lopes, e de Relações Internacionais, Ivanildo Antônio, além dos vereadores Zé de Elisio, Alfredo Andrade, Otto da Farmácia e Paulinho do Som.

Foto: Agnaldo Silva

Caetano presta homenagem as professoras do curso -

Mais Notícias

Concessão da Rodoviária e estudo de zona azul são temas de reunião

Concessão da Rodoviária e estudo de zona azul são temas de reunião

Café Filosófico Oluwo virtual reuni profissionais de educação

Café Filosófico Oluwo virtual reuni profissionais de educação

Prefeitura decreta recesso para o funcionalismo público no fim do ano

Prefeitura decreta recesso para o funcionalismo público no fim do ano

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.