Programa é estendido às mães

Iwwa Agência
Publicado 19/07/2010 03:07:32

Mães dos jovens que participam do Programa Adolescente Aprendiz passam a fazer parte das atividades previstas para o Município.

A mudança foi possível graças ao novo plano pedagógico desenvolvido pela gerência de Políticas da Criança e do Adolescente da Secretaria do Desenvolvimento Social de Camaçari (Sedes).

A iniciativa aumenta em 50% o número de beneficiados, que passa de 250 para 500 pessoas.

As mães participam semanalmente de encontros que debatem temas como sexualidade, violência e aspectos psicossociais.

As mudanças têm por objetivo envolver a família em todo processo de desenvolvimento do adolescente, como forma de dar mais responsabilidade e comprometimento com o estágio.

A medida permite ainda o estreitamento da relação entre mães e filhos.

Outra importante ferramenta presente no novo plano pedagógico do programa são os cursos de qualificação oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), em parceria com a Prefeitura.

Os cursos são voltados para a área administrativa e da tecnologia da informação. A expectativa é de que a qualificação comece até o final de setembro e aconteça duas vezes por ano. 

De acordo com Ana Cláudia Santos, gerente das Políticas da Criança e do Adolescente da Sedes, antes os jovens eram capacitados apenas por meio de palestras.

“Com as qualificações realizadas pelo Senai e pelo Senac, os adolescentes receberão certificados e terão mais chances de entrar no mercado de trabalho”, analisa.

 APRENDIZ

 Jovens em situação de risco social são o foco do Programa Adolescente Aprendiz.

A ação tem o objetivo de inserir os estudantes em diversos setores da administração municipal e garantir experiência profissional.

Os adolescentes prestam serviço por quatro horas diárias e recebem uma bolsa estágio no valor de R$ 255,00.

Para fazer parte do programa, o adolescente deve ter entre 16 e 17 anos, estar cursado o 8º ano (7ª série) do fundamental, ser morador do Município por pelo menos dois anos, ter renda familiar de, no máximo, R$ 700,00, estar em condição de vulnerabilidade social e devidamente matriculado na rede pública de ensino.

As vagas são abertas anualmente, durante o primeiro semestre.

Foto: Agnaldo Silva

Hoje o Adolescente Aprendiz atende 250 jovens -

Mais Notícias

Desfile cívico em Abrantes tem espaço com acessibilidade garantido

Desfile cívico em Abrantes tem espaço com acessibilidade garantido

Alunos do Centro Cultural participam do desfile cívico em Abrantes

Alunos do Centro Cultural participam do desfile cívico em Abrantes

Desfile aquece vendas de comerciantes e ambulantes em Abrantes

Desfile aquece vendas de comerciantes e ambulantes em Abrantes

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us