Programa atendeu mais de 3.500 pessoas

Iwwa Agência
Publicado 22/07/2010 01:07:34

Camaçari atinge a marca de 3.561 pessoas atendidas pelo programa do governo federal, Brasil Alfabetizado.

Na segunda-feira (26/07), 1.247 alunos serão certificados. A solenidade acontece às 19h, no Teatro da Cidade do Saber.

Apresentação teatral e relatos de experiências feitos por alunos beneficiados pelo programa estão previstos na abertura. Na seqüência, será aberto espaço para o pronunciamento das autoridades, dentre elas o Prefeito Luiz Caetano, que na ocasião fará a certificação simbólica da aluna de maior idade.

O Brasil Alfabetizado, implantado no Município em 2006, tem como objetivo erradicar o analfabetismo.

O programa promove a inclusão social de quem não teve a oportunidade de aprender a ler e escrever, além de gerar emprego e renda para profissionais do magistério.

Os educadores ganham uma bolsa de R$ 250,00, além de material didático para lecionar,  enquanto que os estudantes têm acesso a kits pedagógicos compostos por caderno, lápis, borracha, alfabeto móvel, régua, cola, canetas, durex e tesoura.

De acordo com Ana Carla Gomes, responsável pelo Brasil Alfabetizado no Município, todos os anos o Ministério da Educação (MEC) determina meta para formação de turmas.

Para 2010, o Município deve formar 60 turmas na sede e 15 na orla e zona rural. “Estamos tranquilos quanto a isso, uma vez que Camaçari sempre supera as marcas estabelecidas. Só em 2009, foram 91 turmas”, avalia.

INSCRIÇÕES

As inscrições para a sexta turma do Brasil Alfabetizado, em Camaçari, começam no dia 16 de agosto.

Os alunos e educadores interessados em participar devem procurar a coordenação pedagógica, no prédio da Secretaria da Educação (Seduc), no Centro Administrativo do Município.

Para os professores são necessários RG, CPF e comprovante de escolaridade na área de magistério. Os estudantes devem apresentar apenas RG e CPF.

As aulas começam na primeira semana de outubro e serão realizadas durante quatro dias na semana em igrejas, bibliotecas, escolas, casas de família, associação de moradores ou mesmo na casa de alfabetizadores.

O programa tem carga horária de 12 horas semanais e duração de oito meses.

Foto: Agnaldo Silva

Coordenadora do Brasil Alfabetizado comemora os índices -

Mais Notícias

Sefaz apresenta resultados do 2º quadrimestre e projeta crescimento

Sefaz apresenta resultados do 2º quadrimestre e projeta crescimento

STT realiza ação de encerramento do Setembro Amarelo

STT realiza ação de encerramento do Setembro Amarelo

Camaçari e o potencial turístico – a história de Jucy Andrade

Camaçari e o potencial turístico – a história de Jucy Andrade

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us