Prêmio nacional atesta trabalho do Município

Iwwa Agência
Publicado 22/08/2008 01:08:34

Camaçari é referência no Brasil. O Município recebeu, em Brasília, o Diploma Destaque Nacional em Saneamento Ambiental e medalha Destaque Nacional em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Os prêmios, concedidos pelo Instituo Ambiental Biosfera, são destinados a autoridades governamentais brasileiras direta ou indiretamente relacionadas ao planejamento e execução de programas, projetos e ações voltados para as áreas de saneamento e meio ambiente.

A cerimônia de premiação aconteceu durante o Seminário Nacional de Saneamento, realizado no Eron Brasília Hotel, no Distrito Federal, de terça (19/08) e quinta-feira (21/08).

O Município foi representado pelos secretários do Saneamento, Everaldo Siqueira, e do Fomento a Agricultura e Pesca, Domingos Barbosa. Everaldo Siqueira falou sobre os trabalhos realizados para conter os pontos de alagamento na sede e na orla de Camaçari, a exemplo dos serviços de drenagem na praça dos 46 e nos bairros Nova Vitória e Gleba E, mais as obras do aterro sanitário. Ele também citou as parcerias firmadas para execução das obras de esgotamento sanitário, que estão em andamento.

“Esse diploma representa o reconhecimento pelo trabalho realizado em Camaçari, que agora desponta no cenário nacional”, diz o secretário de Saneamento. A agenda técnica do seminário constou de cinco painéis onde foram enfocadas ações ou iniciativas federais, estaduais e municipais empreendidas com sucesso em cada uma das regiões do Brasil.

Entre os participantes, os ministros Carlos Minc, do Meio Ambiente, Márcio Fortes, das Cidades, além de deputados, senadores, secretários estaduais e municipais dos mais diversos estados e municípios de todo o Brasil.

ESGOTAMENTO SANITÁRIO
As obras de esgotamento sanitário em Camaçari estão em andamento. Na sede, as intervenções começaram pelo Parque Satélite. O programa vai contemplar 70% dos imóveis municipais.

A primeira fase consiste na instalação da caixa condominial e tubulação da rede coletora na intersecção dos rios Camaçari e Piaçaveira, em direção a Cetrel, que fará o tratamento do esgoto. Depois de tratada e polida, ao atingir 96% de pureza, a água é jogada no emissário submarino da empresa.

A obra, que deve ficar pronta em dois anos e meio, está orçada em R$ 64 milhões. A verba é do governo federal, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A fiscalização dos trabalhos fica por conta da Prefeitura, através da Secretaria do Saneamento (Sesan).

O canteiro de obras, espaço que serve para estoque dos materiais e reunião dos engenheiros, está montado na avenida Industrial Urbana, ao lado do estádio Armando Oliveira.

Na orla, as intervenções começaram em fevereiro deste ano. A obra contempla Monte Gordo, Barra do Pojuca, Guarajuba e Itacimirim. Os investimentos, advindos do governo estadual, somam cerca de R$ 15 milhões. O prazo do término é de 1ano e meio.

O projeto permite ainda que todos os resíduos gerados pelos esgotos domiciliares sejam despejados e tratados na Estação de Tratamento da Embasa, localizada em Barra do Pojuca.

Foto:

Secretário Everaldo Siqueira recebe prêmio em Brasília -

Mais Notícias

Vacinação para 1ª e 2ª dose será suspensa nesta quinta (24/6)

Vacinação para 1ª e 2ª dose será suspensa nesta quinta (24/6)

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 23 de junho de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 23 de junho de 2021

Defesa Civil e Bombeiros fiscalizam pontos de vendas de fogos de artifício

Defesa Civil e Bombeiros fiscalizam pontos de vendas de fogos de ar...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.