Prefeitura realiza primeiro encontro para elaboração do protocolo sanitário de retorno às aulas

ASCOM
Publicado 19/11/2020 02:11:04

Com as aulas das redes municipal e particular suspensas desde o mês de março, como medida de prevenção ao novo coronavírus, em decorrência do estado de emergência sanitária decorrente da pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Camaçari, por intermédio das secretarias da Educação (Seduc) e da Saúde (Sesau), se prepara para elaborar e homologar um protocolo sanitário que integrará as medidas de retorno às atividades.

Nesta perspectiva, ocorreu, na manhã desta quinta-feira (19/11), a primeira reunião do Comitê de Governança Intersetorial (CGI) instituído com a finalidade de operacionalizar as orientações do protocolo emitido pela Sesau para elaboração do planejamento para o retorno estratégico às aulas presenciais nas escolas do município.

O encontro, que ocorreu no auditório da Secretária de Governo (Segov), contou com a presença dos membros que compõem o CGI. Na oportunidade foi entregue aos participantes o material elaborado pelos técnicos da Sesau contendo as medidas a serem adotadas para segurança sanitária em ambientes escolares, entre elas estão: normas sociais em saúde; regras de limpeza e higienização dos ambientes; e orientação sobre a conduta diante de casos suspeitos e confirmados da Covid-19;

De acordo com o secretário da Saúde, Luiz Duplat, o ideal é que a retomada às aulas no município transcorra da mesma forma que ocorreu durante a reabertura parcial das atividades econômicas. Ou seja, de forma gradual e respeitando todos os protocolos sanitários e de segurança.

“É importante que a retomada das aulas presenciais seja de forma gradual e progressiva, avaliando criteriosamente os riscos e os níveis de transmissão local, para que o retorno das atividades de educação aconteça de forma segura e em observância ao momento epidemiológico municipal”, ratificou o titular da Sesau.

A secretária da Educação, Neurilene Martins destacou que o objetivo do encontro foi para, além de iniciar os trabalhos do CGI, dar destaque e analisar o documento elaborado pela Sesau. “A implementação do protocolo sanitário em ambientes escolares será o primeiro passo fundamental, é o pré-requisito para que, ao ser autorizado o retorno das atividades presenciais, cada unidade escolar esteja preparada de fato para garantir todo o ritual de segurança à comunidade escolar, composta por alunos, professores, profissionais da educação e os familiares”, ressaltou.

A titular da pasta informou ainda que, paralelo a isso as ações do Mais e Melhor Educação: em Casa seguem acontecendo. “Ainda não temos previsão de quando será o retorno das aulas no município. No entanto, o que estamos fazendo é nos preparando de forma segura para este momento”, salientou a gestora.

Além da secretária Neurilene Martins e do secretário Luiz Duplat, o CGI é composto por 11 membros. São eles:

Flávia Maria Carvalho Moura Souza – Representante da Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes);

Marcos Paulo de Souza Sampaio – Representante da Secretária de Administração (Secad);

Thaylane Trindade Pinto – Representante do Ministério Público;

José Marcelo de Santana – Presidente do Conselho do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB);

Lenieverson Nascimento de Santana Santos – Presidente do Conselho Municipal de Educação;

Lícia Mattos Silva – Presidente do Conselho Municipal de Assistência Social;

Paulo Cesar Souza Costa – Representante do Conselho de Saúde;

Márcia Eulaine Lima Novaes – Presidente do Sindicato dos Professores e Professoras da Rede

Municipal de Ensino de Camaçari (SISPEC);

Silval da Silva Cerqueira – Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de

Camaçari (SINDSEC);

Eliete Faustina dos Santos – Representante das Escolas Conveniadas de Camaçari;

Jamile Santos Tupinambá – Representante das Escolas Particulares de Camaçari.

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 17 de setembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 17 de setembro de 2021

Defesa Civil interdita imóvel por ameaça de desabamento

Defesa Civil interdita imóvel por ameaça de desabamento

Projeto

Projeto "Das Telas às Imagens" promove exposição itinerante

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.