Prefeitura propõe 9,2% de reajuste

Iwwa Agência
Publicado 23/02/2011 05:02:39

A administração municipal de Camaçari dedica um olhar especial a todos os trabalhadores da educação, em especial, aos professores, que desde 2005 tiveram ganho real de 39,64%, além da incorporação de benefícios ao salário e a concessão de vantagens. Estas iniciativas permitiram a efetivação da política de valorização do magistério e a recomposição de perdas históricas da categoria.

Este ano a Prefeitura propõe um reajuste salarial de 9,2%, mais o abono salarial de R$ 140 e R$ 70 para professores das séries iniciais em efetiva regência de classe com 40 e 20 horas, respectivamente. Com o reajuste proposto, o piso salarial dos profissionais passaria de R$ 1.373,74 para R$ 1.500,12.

Vale salientar também que a proposta apresentada pela administração municipal proporciona um ganho real à categoria de 5,72%, uma vez que a inflação de maio a dezembro de 2010 foi de 3,29%. O calculo do período citado é devido à data-base da categoria ter sido alterada do mês de maio para janeiro.

Em 2005, foram aplicados reajustes de 10%, 13% e 16% aos professores, de acordo com a categoria em que estão inseridos. No ano seguinte, o reajuste foi linear de 11%, enquanto que em 2007 foram concedidos reajustes de 8% e 11,11%. Com o enquadramento no PCCV, em 2008, os professores receberam incremento salarial entre 61,95% e 92,55%.

Nos dois últimos anos foram concedidos reajustes lineares de 11% e 12%, respectivamente. Caso a proposta de reajuste salarial da Prefeitura para 2011 seja aceita pela categoria, os professores vão computar um ganho real acumulado no período de 2005 a 2011, de 47,63%.

“Desde 2005 buscamos garantir não apenas a inflação, mas também um ganho real aos professores, e não houve um ano sequer, que a categoria não tenha tido ganho real”, concluiu o secretário da Educação, Luiz Valter Lima.

Mais do que os reajustes salariais, o secretário ressaltou que o governo municipal concedeu, nos últimos anos, outros benefícios como a incorporação de abono salarial, pagamento de diferenças salariais dos professores, referente ao período de 1999 a 2004, auxílio transporte e auxílio alimentação.

“Além disso, distribuímos computadores aos professores em regência de classe e o prefeito Caetano garantiu, ainda para este ano, a entrega de netbooks no intuito de continuar o processo de inclusão digital dos professores e motivá-los a incorporar as novas tecnologias à prática docente. Isso, sem falar nas constantes qualificações oferecidas à categoria”, comentou o secretário Valter Lima.

Foto: Agnaldo Silva

Desde 2005, o ganho real dos docentes foi de 39,64% -

Mais Notícias

Entrega de cupons da Cesta de Natal tem segundo dia tranquilo

Entrega de cupons da Cesta de Natal tem segundo dia tranquilo

Cinco ruas da sede recebem pavimentação asfáltica

Cinco ruas da sede recebem pavimentação asfáltica

Projeto

Projeto "Das Telas às Imagens" chega à nova etapa

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.