Prefeitura oferece reajuste acima da inflação

Iwwa Agência
Publicado 16/06/2009 02:06:03

Na sexta-feira (19/06), acontece mais uma reunião entre a Prefeitura de Camaçari e a diretoria do Sispec (Sindicato dos Professores da Rede Pública de Camaçari), com o objetivo de discutir o reajuste salarial para os professores da rede municipal de ensino. O encontro, no gabinete do prefeito, começa às 9h.

Na reunião desta terça-feira (16/06), a Prefeitura apresentou a proposta de reajuste de 8% a partir de maio, contra um IPCA – E (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de 5,75%, ou seja, 2,25% acima da inflação.

A Prefeitura também oferece mais 18% sobre o valor do auxílio alimentação e 12% de aumento no auxílio transporte. De acordo com o secretário da Administração, Ademar Delgado, a Prefeitura tem se empenhado para resolver a questão o mais rápido possível.

Mesmo com todas as dificuldades provenientes da crise financeira mundial e as perdas que o Município vem tendo desde 2008, a administração está propondo à categoria, um reajuste salarial 5,12% acima do piso nacional.

Entre outubro do ano passado e abril de 2009, Camaçari teve perda de receita superior a R$ 26 milhões.

O secretário Ademar Delgado lembrou que nos últimos quatro anos, foi oferecido um reajuste médio de 40,97% aos professores. Sendo assim, a categoria teve ganho real de R$ 21,93%.

A diretoria do Sispec apresenta na assembléia desta quarta-feira (17/06), a proposta da Prefeitura aos professores de rede.

As negociações entre o sindicato e a administração municipal, relacionadas à campanha salarial deste ano, começaram no dia 12 de maio.

A categoria defende 8% de reajuste retroativo a maio, mais 3% em setembro, gratificação vertical de 3% para cursos com duração de 80 a 179 horas, 5% de 180 a 359 horas e 10% a partir da segunda especialização. O sindicato também defendeu o adicional noturno a partir da primeira noite de trabalho, ao invés da terceira.

Estiveram presentes na reunião desta terça-feira, os secretários da Fazenda (Sefaz), Paulo Gomes, da Educação (Seduc), Luiz Valter, de Governo (Segov), Francisco Franco, a Controladora do Município, Sumaia Campo, e o deputado estadual Bira Coroa (PT).

Foto: Agnaldo Silva

Negociação com professores começou em maio -

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 17 de setembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 17 de setembro de 2021

Defesa Civil interdita imóvel por ameaça de desabamento

Defesa Civil interdita imóvel por ameaça de desabamento

Projeto

Projeto "Das Telas às Imagens" promove exposição itinerante

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.