Prefeitura lança feira e valoriza agricultores

Iwwa Agência
Publicado 23/10/2017 09:10:51

Poder encontrar em um lugar aconchegante produtos naturais e saudáveis, feito por produtores de dentro da cidade. Este é o objetivo da Feira Agroecológica, apresentada na manhã de sábado (21/10), dentro do Boulevard Shopping. O projeto é uma parceria da Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria de Agricultura e Pesca (Sedap), Boulevard Shoppimg e Fundação Alphaville.

De acordo com a Sedap, a ideia da feira é fomentar a produção agroecológica na cidade, valorizando os produtores. “São 30 famílias da zona rural de Camaçari que serão beneficiadas com este projeto”, contou o secretário da Sedap, Antônio Falcão. Ao todo foram montadas cinco barracas que funcionarão em um esquema de rodízio, às sextas e sábados.

 

A coordenadora de projetos sociais da Fundação Alphaville, Débora Silva, elogiou a posição do Executivo Municipal. “A visão da prefeitura de dar oportunidade de venda para os agricultores, mas também enxergá-los como empreendedores, foi o que fez a fundação apoiar este projeto. Uma gestão voltada para o agricultor familiar como empreendedor social”, explicou a coordenadora.

O prefeito Antonio Elinaldo prestigiou a abertura da Feira Agroecológica. “Fico muito feliz em poder ver mais este trabalho sendo feito. Aqui o pequeno agricultor vai poder tirar o seu dinheiro para manter a família e apresentar pra a população um produto mais saudável, livre de agrotóxicos”, explanou.

A agricultora Jucilene Martins, da localidade de Aruá, em Areias, falou da oportunidade de oferecer estes produtos saudáveis para a população. “É um produto orgânico, plantado com a família, pois os produtos com agrotóxicos têm trazido muitas doenças. E isso torna o nosso produto diferenciado. Eu sou casada, tenho dois filhos. É daqui que eu tiro o sustento da minha família”, contou.

A Feira Agroecológica conseguiu atrair pessoas até de cidades próximas. O morador de Nova Dias D’Ávila, Edmundo Silva, contou o motivo da visita. “Minha filha é estudante de nutrição e soube desta feira. Um evento deste é bom demais porque você acha produtos mais limpos. Além da gente ter a comodidade da feira. E, inclusive, nós achamos trabalho artesanal, feito pelas famílias, mostrando a cultura local”, pontuou Edmundo, se referindo ao artesanato feito pelos produtores das comunidades rurais, que também ficam expostos na feira.

A horta terapêutica, um outro diferencial encontrado na Feira Agroecológica, foi a participação do Centro de Atenção Psicosocial (CAPS) do Parque Verde, que apresentou a horta realizada pelos pacientes. “Nós usamos este trabalho como instrumento da clínica psicosocial. É uma oficina terapêutica para os pacientes com transtornos mentais graves. Eles preparam a sementeira, colhem o produto, tudo isso com acompanhamento. E também promovemos a sustentabilidade do processo”, explica a assistente social Débora Brizolar, informando que o material produzido é comercializado para manter a horta em funcionamento.

Slideshow | 3 fotos

Prefeitura lança feira e valoriza agricultores

Mais Notícias

Parceria entre Secult e Sedap é discutida em reunião

Parceria entre Secult e Sedap é discutida em reunião

Contas do 2º quadrimestre de 2021 da Seduc são apresentadas em audiência pública

Contas do 2º quadrimestre de 2021 da Seduc são apresentadas em audi...

Sejuv abre inscrições para formação técnica de educadores físicos

Sejuv abre inscrições para formação técnica de educadores físicos

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.