Prefeito discute futuro dos municípios

Iwwa Agência
Publicado 06/01/2011 11:01:51

Durante mesa redonda realizada na Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador, para discutir o futuro dos municípios, o prefeito Luiz Carlos Caetano disse que é indispensável que se construa uma relação direta entre as cidades e o governo federal, além do fortalecimento dos pequenos municípios.

Na mesa redonda, que encerrou no início da noite de quarta-feira (05/01), Luiz Caetano ainda falou que é fundamental incorporar às ações do Estado e dos gestores, os conceitos de territórios de identidade, de cidadania e os blocos regionais para o desenvolvimento. Para o prefeito, a posição casa perfeitamente com o discurso da presidente eleita Dilma Rousseff, que se comprometeu em diminuir a pobreza no Brasil.

Promovida por acadêmicos da UFBA, a mesa redonda trouxe à discussão questões relacionadas ao municipalismo, e a evolução do estado brasileiro, o desenvolvimento dos conceitos de territórios de identidade, de cidadania e os blocos regionais, o processo de regionalização da Bahia e o papel de uma entidade representativa.

Para o historiador e diretor da Fundação Pedro Calmon, Ubiratan Castro, é importante analisar o Estado como um todo e não mais dividir a Bahia entre capital e interior.

“Hoje, temos uma relação de poderes diferente e os municípios têm ganhado cada vez mais força”, disse.

De acordo com o professor Ubiratan, outro ponto importante a ser trabalhado é a preparação dos municípios para cuidar de uma sociedade que está envelhecendo rápido demais. Atualmente, as pessoas deixam para ter filhos mais velhas e os têm em menor quantidade. Futuramente, a situação vai inflar a previdência e o sistema de saúde.

Já o mestre em Economia, Paulo Henrique de Almeida, salienta que é fundamental melhorar a qualidade da educação e que a União deve investir em todos os níveis da educação, iniciativa que ajudará os pequenos municípios que não têm condições de arcar com os custos do ensino.

Para Edgar Porto, diretor de estudos da Superintendência de Estudos Sociais e Econômicos da Bahia (SEI), é preciso que os municípios saiam da questão de isolamento e  fortaleçam a idéia de desenvolvimento através de blocos regionais.

Presente no encontro, a vereadora Luiza Maia (PT) questionou a necessidade de uma reforma tributária e a desburocratização do repasse de verbas entre União e municípios. A deputada acredita que esse processo penaliza as cidades menores.

Além de acadêmicos e técnicos, também participaram da iniciativa o deputado federal Josias Gomes (PT), os secretários municipais da Administração, Ademar Delgado, de Relações Institucionais, Ademar Lopes, de Desenvolvimento Social, Jailce Andrade, de Governo, Francisco Franco, e da Saúde, Camilo Pinto, o coordenador de Comunicação Social, Rogaciano Medeiros, o assessor especial da Prefeitura, Gerson Oliveira, e a coordenadora do Programa Bolsa Educação de Camaçari, Mirian Bittencourt.

Foto: Wendell Wagner

Caetano ainda falou da importância dos blocos regionais -

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 5 de dezembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 5 de dezembro de 2021

Apresentação de coral, prevista para este domingo (5), foi cancelada

Apresentação de coral, prevista para este domingo (5), foi cancelada

Confira o calendário da semana de 6 a 10/12 para vacinação contra Covid em Camaçari

Confira o calendário da semana de 6 a 10/12 para vacinação contra C...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.