População pede melhorias no Poder Judiciário

Iwwa Agência
Publicado 29/03/2012 05:03:07

Servidores do judiciário, servidores públicos municipais, representantes de sindicatos e movimentos da sociedade civil organizada se reuniram, nesta quinta-feira (29/03), em frente ao Fórum Clemente Mariani, para chamar a atenção das autoridades e de toda a população para a situação do Judiciário de Camaçari.

De acordo com o coordenador do Cajuc (Centro de Assistência Judiciária e de Cidadania), Augusto de Paula, o Judiciário de Camaçari não dispõe de juízes e nem de servidores suficientes para atender a demanda. “Processos que poderiam durar no máximo três meses, duram até dois anos”, disse o coordenador.

O advogado ainda ressaltou que até mesmo os processos em que as partes chegam a um acordo, a sentença demora a ser homologada. “O que algumas vezes acaba gerando novos conflitos”, explicou Augusto de Paula.

A fim de solucionar a situação, os advogados que atuam no Município estão formando uma comissão para apresentar as deficiências do Judiciário de Camaçari ao Tribunal de Justiça do Estado.

Lideraram o movimento o presidente da subseção da OAB no Município, Nei Cassim, e o presidente em exercício da OAB Bahia, Nei Viana.

Foto: Marcelo Franco

Moradores pedem solução para os problemas do Judiciário -

Mais Notícias

Sedes promove evento de reafirmação da campanha Respeite Meu Nome

Sedes promove evento de reafirmação da campanha Respeite Meu Nome

Cadastro de logradouros do município é tema de reunião

Cadastro de logradouros do município é tema de reunião

Reunião trata sobre os novos passos do Sesau Fila Zero

Reunião trata sobre os novos passos do Sesau Fila Zero

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.