População aprova reordenamento

Iwwa Agência
Publicado 07/12/2012 04:12:57

A população está satisfeita com o reordenamento dos ambulantes feito pela Prefeitura. A iniciativa consiste na relocação dos vendedores para espaços apropriados e que não prejudiquem o tráfego de pedestres e de veículos no centro da cidade. 

O intuito da administração municipal é manter as vias públicas mais limpas e organizadas, assim como garantir a segurança e o bem-estar dos transeuntes.

Na manhã desta sexta-feira (07/12), o secretário de Governo, Francisco Franco, fez questão de verificar de perto o serviço de reordenamento feito no entorno do Centro Comercial. Segundo ele, a medida pretende combater também a poluição sonora e definir pontos de trabalho para os mototaxistas. “Nossa proposta é de desobstruir as calçadas e vias públicas de forma a garantir mais acessibilidade às pessoas”, disse o secretário.   

O ambulante Carlos de Jesus, mais conhecido como Bahia e representante dos vendedores informais que ainda não se cadastraram na Prefeitura, acredita que as mudanças vão beneficiar todos, principalmente a categoria que “vai poder trabalhar de forma regular, com pontos fixos para cada ambulante comercializar os produtos”.  

Segundo o presidente da Associação dos Ambulantes de Camaçari, Claudio Mota, atualmente a entidade possui 340 ambulantes cadastrados e tem a expectativa de regularizar os 85 vendedores informais. Ele reconhece que a medida adotada pela Prefeitura melhorou a circulação de veículos e pedestres no centro da cidade, além de ter relocados os ambulantes para espaços adequados.    

Para a professora Naiara da Paz, as mudanças melhoram significativamente a circulação no local. “Antes, aqui era um aglomerado de ambulantes e dificultava a passagem de pedestres na região do Centro Comercial”, declarou.

Há dois meses empregada em uma lanchonete na praça Desembargador Montenegro, próxima ao Centro Comercial, a caixa Daniela Santos também aprovou a mudança, “que veio para deixar a cidade mais bonita e agradável”, avaliou. 

A partir de quarta-feira (12/12), a Prefeitura fornece aos ambulantes crachás de identificação com foto, nome, RG e o tipo do produto a ser comercializado, assim como o local de trabalho e a numeração provisória. Na ocasião, também será iniciado o processo de padronização dos trabalhadores informais, que passarão a utilizar camisa e boné azul escuro.

ÁREAS DE ATUAÇÃO

 A princípio, os ambulantes que comercializam milho, água de coco, caldo de cana e similares serão relocados para o ponto da avenida Comercial. A lateral do Centro Comercial, em frente ao Banco do Brasil, e o estacionamento externo da feira também serão utilizados para atender a demanda dos ambulantes que vendem produtos não perecíveis e hortifruti.   

Os ambulantes que atuam no calçadão do antigo camelódromo, na rua Castro Alves, também serão reorganizados e o espaço irá abrigar o ponto de outros vendedores informais, que foram relocados de áreas inadequadas e comercializam o mesmo tipo de produto que já é vendido no local.

Na área lateral ao Mercado Central, só será permitida a atuação de ambulantes que comercializem lanches e fiquem posicionados próximos ao muro, de forma a não prejudicar a acessibilidade dos pedestres e a parada dos ônibus, que fazem o transporte público para a orla e cidades vizinhas. 

 

Slideshow | 6 fotos

População aprova reordenamento

Mais Notícias

Roda de Conversa abre a semana alusiva ao Dia Nacional da Pessoa em Situação de Rua

Roda de Conversa abre a semana alusiva ao Dia Nacional da Pessoa em...

Construção de urnas funerárias será concluída nesta semana

Construção de urnas funerárias será concluída nesta semana

Limpeza de canais é realizada em Vila de Abrantes e Jardim Limoeiro

Limpeza de canais é realizada em Vila de Abrantes e Jardim Limoeiro

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us