População aprova projeto de revitalização

Iwwa Agência
Publicado 27/10/2009 05:10:29

As obras de requalificação e urbanização de Arempebe, litoral de Camaçari, são aguardadas com ansiedade. Após amplamente discutido com a população, o projeto deve ser executado até o primeiro semestre de 2010.

Genivaldo Nascimento Tavares, conselheiro fiscal da Associação Unidos de Arembepe (ASUA), ressalta o resultado dos investimentos a serem feitos na localidade. “Esse projeto vai dá uma guinada em Arembepe, que ganha com melhorias no turismo, comércio, cultura e na geração de empregos”.

A implantação de um módulo policial na aldeia hippie foi lembrada como uma necessidade urgente pelo líder comunitário. “A proposta da obra foi feliz em tocar no item segurança”.

Segundo Sandro Francisco dos Santos, presidente da União dos Blocos de Arembepe (UBA), o projeto de revitalização valoriza a cultura local. “Aqui vai se tornar uma nova Arembepe. Estão todos interessados em ver o resultado das intervenções. O fato mais positivo foi que parte da mudança contempla as reivindicações dos moradores em assembléias do Orçamento Participativo”.

Bartolomeu de Araújo, presidente da ASUA, faz questão de destacar algumas das solicitações populares. “A construção de um posto de informação ao turista, bem como a melhoria do acesso à localidade e das praças é um antigo desejo de todos nós”, afirma.

O projeto de requalificação e urbanização de Arempebe continua em execução e encaminhamento pela equipe da Secretaria Municipal da Infra-estrutura (Seinfra). As intervenções físicas, executadas em quatro etapas, resultam de convênio entre a Prefeitura e o governo federal. O custo é de, aproximadamente, R$ 14 milhões.

O primeiro trecho vai da Estrada do Côco até o Pronto-Atendimento (PA), onde estão previstas construção de uma praça e de um stand de turismo, duplicação do acesso principal, paisagismo e drenagem.

A segunda etapa segue do PA até o campo de futebol. As obras incluem alargamento do calçadão, restauração da ciclovia e drenagem do campo, que ainda ganha bar, vestiário e três quiosques para venda de artesanato. Ao lado, vai ser construído estacionamento com capacidade para 200 veículos.

A construção de três quiosques de artesanato, um quiosque de sanitário, três quiosques de serviços, reconstrução do módulo policial e de toda pavimentação estão garantidas para a praça dos Coqueiros, incluída na terceira fase do projeto.

A praça das Amendoeiras, também incluídas nesta etapa, é contemplada com um boxe de artesanato para quatro vendedores, novo módulo policial, reforma e ampliação do estacionamento e substituição de toda pavimentação. Entre as duas praças vai ser instalado um deck de ligação. A estrutura ficará margeando a praia.

A aldeia Hippie está na quarta fase do projeto. No local, está programada reforma das casas, implantação da rede de tratamento de esgoto, nova iluminação, reforma do restaurante, revitalização de todo acesso e construção de um módulo policial.

Em todo trecho, terá paisagismo e nova iluminação. As obras serão concluídas em um ano e meio.

Slideshow | 2 fotos

População aprova projeto de revitalização

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 19 de setembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 19 de setembro de 2021

Vacinação contra Covid segue nesta segunda (20) em Camaçari

Vacinação contra Covid segue nesta segunda (20) em Camaçari

Prefeitura não decretará ponto facultativo no dia 27 de setembro

Prefeitura não decretará ponto facultativo no dia 27 de setembro

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.