Pólo deve ganhar um complexo acrílico

Iwwa Agência
Publicado 28/10/2009 05:10:17

O Pólo Industrial de Camaçari pode ganhar, em breve, um complexo acrílico, investimento que pode chegar a US$ 700 milhões, cerca de R$ 1,2 bilhão. O anúncio foi feito pelo presidente do Cofic (Comitê de Fomento Industrial de Camaçari), Manoel Carnaúba, durante o lançamento do Guia de Atração de Investimentos do Pólo Industrial, na sede da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), em Salvador.

“Estamos muito confiantes que a empresa venha se instalar em Camaçari. O investimento é muito grande”, afirmou Carnaúba, que informou ainda haver outros grupos interessados no Município.

O guia busca divulgar os atrativos econômicos e apresentar as vantagens que Camaçari tem para o investidor. O documento orienta ainda os empresários na elaboração dos planos de negócios e de investimentos. “Este guia é um grande passo para atrair novos investimentos para o Estado”, afirmou o governador Jaques Wagner.

Para o prefeito de Camaçari, Luiz Caetano, a publicação mostra, detalhadamente, as vantagens de se investir no Município. “A cidade está crescendo em diversos setores e este é o melhor momento para atrair novos investidores”.

Hoje, 90 empresas fazem parte do Pólo Industrial de Camaçari, um investimento de US$ 12 bilhões, que gera 15 mil empregos diretos e 30 mil indiretos. O faturamento anual é de US$ 15 bilhões. O pólo, sozinho, é responsável por 35% das exportações baianas e contribui com R$ 1 bilhão por ano em arrecadação de ICMS para o Estado.

A localização estratégica de Camaçari é outro diferencial para atrair novos investidores, pois fica próxima ao Porto de Aratu, ao Aeroporto de Salvador e à BR-324.

Os principais segmentos produzidos no pólo são químico/petroquímico, celulose, têxtil, metalúrgica, bebidas, serviços e automotivo, sediando a única montadora de automóveis do Norte-Nordeste, a Ford.

REUNIÃO
Após o lançamento do guia, o prefeito Luiz Caetano se reuniu com dirigentes da empresa de porcelanato Eliane S/A, para discutir a ampliação da fábrica no Município.

O grupo discutiu ainda possíveis reduções nos preços dos principais insumos da indústria de cerâmica, que representam 27 % do custo total do produto.

Slideshow | 5 fotos

Pólo deve ganhar um complexo acrílico

Mais Notícias

2ª edição do projeto Homens Reflexivos é marcado por palestra sobre violência contra a mulher

2ª edição do projeto Homens Reflexivos é marcado por palestra sobre...

II Fórum PcD reuniu diversos segmentos de Camaçari para debater inclusão

II Fórum PcD reuniu diversos segmentos de Camaçari para debater inc...

Missa, cortejo e apresentações culturais marcam o Dia das Baianas de Acarajé

Missa, cortejo e apresentações culturais marcam o Dia das Baianas d...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us