Plano prevê a restauração de lagoas

Iwwa Agência
Publicado 26/04/2011 02:04:23

Preocupada com o meio ambiente, a Prefeitura de Camaçari desenvolveu, este ano, o Plano de Ação de Restauração e Manutenção das Lagoas do Município. A ação vai atender todo o sistema de lagoas do litoral de Camaçari, que engloba as localidades de Abrantes, Jauá, Arembepe, Guarajuba e Itacimirim.

Dentre as ações executadas com base no Plano, estão a limpeza de vegetação invasora, realizada de forma manual e mecanizada, a remoção do lixo jogado pela população nas lagoas, a retirada do esgoto e, por fim, o plantio de árvores nas margens para compor a mata ciliar.

O plantio é necessário para preservar os barrancos das lagoas, garantir o sombreamento para evitar a evaporação da água, criar condições ecológicas que favoreçam a presença da fauna local e garantir o paisagismo da área.

As intervenções foram iniciadas em fevereiro deste ano pelas localidades de Jauá, Arembepe e Itacimirim. Suspensas durante o carnaval e o feriado da Semana Santa, as obras foram retomadas terça-feira (26/04), em Jauá e Itacimirim, com a limpeza manual. Em Arembepe, a intervenção será reiniciada em novembro, após iniciar o período de estiagem e o lençol freático baixar o suficiente para permitir o acesso das máquinas.   

O trabalho de restauração das lagoas deve durar 10 meses, segundo a coordenadora de Manutenção de Áreas Verdes da Sedur (Secretaria do Desenvolvimento Urbano), Marinalva Cruz. “A ação é relativamente lenta porque depende muito das condições biológicas e climáticas que podem prejudicar a fauna existente ou impossibilitar o trabalho das equipes”, esclarece.

O Plano de Ação de Restauração e Manutenção das Lagoas começou a ser elaborado em janeiro, quando o governo Municipal reuniu-se com o Ministério Público e os gestores da APA (Área de Preservação Ambiental) Joanes e Pitanga, da APA Lagoa de Guarajuba e da APA Rio Capivara para, juntos, construírem um termo de referência para a execução dos trabalhos.

“A limpeza das lagoas é um trabalho que deve ser feito com muito cuidado e responsabilidade, por se tratar de um ambiente onde existem vidas a serem preservadas”, salienta Marinalva Cruz.

O Plano é executado pela Coordenação de Conservação e Manutenção de Área Verde da Sedur e conta com o apoio da Segov (Secretaria de Governo), da Seinfra (Secretaria da Infraestrutura), da Sesp (Secretaria dos Serviços Públicos) e da Setur (Secretaria do Desenvolvimento do Turismo).

FÓRUM

Paralelo à execução das obras, a Prefeitura vai promover, a partir da segunda quinzena de maio, fóruns de debates com as comunidades. Os encontros estão previstos no Plano de Ação e têm o objetivo de conscientizar e esclarecer a comunidade sobre o processo de restauração das lagoas. As questões técnicas serão esclarecidas por profissionais especializados em meio ambiente.   

 JAUÁ

A limpeza da lagoa de Jauá foi iniciada em fevereiro, com a remoção manual da vegetação invasora. Este mês, a Prefeitura fez a abertura de um canal para permitir o fluxo de água, facilitar a drenagem em determinadas áreas e, assim, evitar inundações.

Como a intervenção não estava prevista no termo de referência firmado em janeiro, a administração municipal acionou o gestor da APA Joanes e Pitanga para acompanhar a ação.

Slideshow | 2 fotos

Plano prevê a restauração de lagoas

Mais Notícias

2ª edição do projeto Homens Reflexivos é marcado por palestra sobre violência contra a mulher

2ª edição do projeto Homens Reflexivos é marcado por palestra sobre...

II Fórum PcD reuniu diversos segmentos de Camaçari para debater inclusão

II Fórum PcD reuniu diversos segmentos de Camaçari para debater inc...

Missa, cortejo e apresentações culturais marcam o Dia das Baianas de Acarajé

Missa, cortejo e apresentações culturais marcam o Dia das Baianas d...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us