Peça infantil é uma das atrações

Iwwa Agência
Publicado 28/09/2012 06:09:02

A peça teatral A bruxinha que era boa abriu o terceiro dia de apresentações do 1º Festival de Cultura e Arte de Camaçari, no Teatro Alberto Martins. O espetáculo foi apresentado às 14h de hoje (28/09). 

Dirigida por Cilene Guedes, a montagem é encenada pelo Grupo Cultural TAC (Teatro Amador de Camaçari) e tem como mensagem a força que o bem exerce sobre o mal, através da abordagem ilustrativa do paraíso dos bruxos. A encenação é adaptada do texto de Maria Clara Machado e tem duração de uma hora.

O elenco do espetáculo é formado pelos atores Raissa Lorrana, Alexandre Iamasaki, Leandro Avles, Edney Querino, Adriane Silva, Flanqlin Gentil, Vladimir Cardeal, Bruno Silva, Claudia Guedes e Sinha Guimarães, todos de Camaçari.

De acordo com a diretora e uma das fundadoras do TAC, Cilene Guedes, é uma satisfação enorme atuar no teatro que leva o nome do marido, já falecido, “principalmente no mês em que o TAC completa 38 anos de existência”.

A pedagoga Roquilda Oliveira Santos, 37 anos, levou a filha Alice Santos, 3 anos, para assistir o espetáculo e elogiou o Festival. “Aproveitamos o feriado de várias formas. Pela manhã, assistimos o desfile em comemoração aos 254 anos de Camaçari e agora estamos aqui para prestigiar a peça”, declarou.

Acompanhado da esposa Uila Caroline Barros, 20 anos, e dos dois filhos Dimitri Carvalho e David Alef, 2 e 5 anos, respectivamente, o ator, escritor e design gráfico, Alessandro Brito, 26 anos, afirmou ser um dia especial, pois é a primeira vez que as crianças vão ao teatro. “Foi neste espaço que iniciei minha carreira como ator e poder compartilhar isso com minha família é muito gratificante”, declarou emocionado.

O espetáculo A bruxinha que era boa conquistou os troféus de melhor direção, figurino e cenário, durante a 9ª edição do FITA  (Fórum de Teatro Amador do Estado da Bahia), realizado em Camaçari, entre os dias 14 e 22 de setembro.

FESTIVAL

O terceiro dia do 1º Festival de Cultura e Arte de Camaçari começou desde as 13h, na praça Desembargador Montenegro, com oficinas e apresentações dos grupos culturais do Município. No mesmo local, às 17h, foi encenada a peça A chegada de Lampião no inferno.

Na tarde de hoje (28/09), no Teatro Alberto Martins, foi encenado o espetáculo, Elenco de Apoio. Está previsto ainda as peças a Mansão Veith, às 18h, e Baianidade Baiana, às 20h. Na praça Abrantes, foram encenadas as peças Flores e O circo não morreu o palhaço chegou.

Um dos pontos altos do Festival será a Virada Cultural, que acontece sábado (29/09), a partir das 17h, no estacionamento da Prefeitura. Além dos shows das bandas locais, este dia contará com a apresentação do cantor Nando Reis, ex-integrante da banda Titãs.

A previsão é de que as performances sejam finalizadas às 6h da manhã do domingo (30/09), com uma espécie de arrastão, acompanhada por uma banda de percussão, até a estação férrea, no centro da cidade.

No local, presentações de grupos de samba de roda de Camaçari, de capoeira e cultura popular garantem a animação dos participantes até o encerramento oficial do evento, programado para às 12h.

O 1º Festival de Cultura e Arte de Camaçari é uma iniciativa da Prefeitura, através da Secult (Secretaria da Cultura) e do Conselho Municipal de Cultura, com recursos do Fundo Municipal de Cultura. 

 

Slideshow | 5 fotos

Peça infantil é uma das atrações

Mais Notícias

Mais de 45 escolas receberam melhorias nos últimos três meses

Mais de 45 escolas receberam melhorias nos últimos três meses

Readaptação e entusiasmo marcam volta às aulas da Pracinhas da Cultura

Readaptação e entusiasmo marcam volta às aulas da Pracinhas da Cultura

Vacinação contra Covid-19 continua nesta terça-feira (19) em Camaçari

Vacinação contra Covid-19 continua nesta terça-feira (19) em Camaçari

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.