Obra que liga o Pólo Industrial ao Porto de Aratu começa em outubro

Iwwa Agência
Publicado 21/07/2010 03:07:41

Está prevista para outubro a expedição da ordem de serviço para o início das obras de construção do anel ferroviário ligando o Pólo Industrial de Camaçari ao Porto de Aratu.

O projeto, depois de concluído, vai viabilizar a tão esperada retirada da linha do trem do centro da cidade.

A garantia foi dada terça-feira (20/07) pelo diretor de Infraestrutura Ferroviária do DNIT (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes), Geraldo de Souza Neto, após a abertura da licitação para as obras da chamada Variante Ferroviária.

A recepção dos envelopes com a documentação de habilitação e propostas de preços para a intervenção atende a concorrência pública de nº 0181/2010-00. O evento aconteceu na sede do DNIT, em Brasília.

De acordo com edital, a obra tem orçamento do governo federal de quase R$ 124 milhões e prazo de execução de 540 dias.

A Comissão Permanente de Licitação do DNIT deu início aos trabalhos por volta das 15h, momento em que aconteceu a entrega das propostas pelas empresas interessadas. Logo após, foi verificado se todas as empresas participantes estavam cadastradas e regulares.

Na seqüência, os documentos de habilitação das empresas foram rubricados pela Comissão de Licitação e licitantes presentes.

O resultado do julgamento da habilitação será publicado no Diário Oficial da União e terá o prazo de 5 dias para recurso.

Uma nova sessão será marcada para a abertura dos envelopes com as Propostas de Preços, que se encontram lacrados em poder da Comissão de Licitação.   

Participam da licitação para a Variante Ferroviária a empresa Queiroz Galvão Construção e os Consórcios OAS – Constran, Variante Ferroviária de Aratu, Cowan – Cotrin, Ferrovia Camaçari, Tiisa – CMT, HAP – Convap e TB – Sultepa.

Após a sessão de abertura da licitação, o diretor de Infraestrutura Ferroviária do DNIT, Geraldo de Souza Neto, recebeu os secretários de  Camaçari Francisco Franco, de Governo, Joelson Meira, de Articulação com a União, além do coordenador de Captação de Recursos para o Município, Hindemburgo Teles.

Eles conversaram sobre a execução das obras da Variante Ferroviária, ligando o Pólo Industrial ao Porto de Aratu.

VARIANTE FERROVIÁRIA

 Atualmente, a distância entre o Pólo Industrial de Camaçari até o Porto de Aratu é de 52 quilômetros.

Com a implantação da Variante Ferroviária, a distância vai ser encurtada para apenas 23 quilômetros. Isso significa uma diminuição de 29 quilômetros entre os pontos.

Além de Camaçari, a iniciativa beneficia os municípios de Simões Filho e Candeias, já que a ferrovia deixará de passar por esses locais também.

A retirada da linha férrea do centro da Cidade é um anseio antigo da população do Município e um compromisso da atual gestão.

Foto: Nelinho Oliveira

Diretor do Dnit reuniu-se com secretários municipais -

Mais Notícias

Guarajuba e Itacimirim renovam selo Bandeira Azul para temporada 2022-23

Guarajuba e Itacimirim renovam selo Bandeira Azul para temporada 20...

Comunidade e poder público se reúnem para tratar sobre a Praça do Papagaio em Jauá

Comunidade e poder público se reúnem para tratar sobre a Praça do P...

Sedes promove encontro com palestras temáticas para os idosos do Conviver e familiares

Sedes promove encontro com palestras temáticas para os idosos do Co...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us