Nota pública de pesar

Iwwa Agência
Publicado 26/05/2010 01:05:55

O prefeito Luiz Caetano e todos que fazem a administração municipal de Camaçari lamentam profundamente o assassinato do delegado titular da 18ª Delegacia de Polícia, Clayton Leão Chaves, 33 anos, ocorrido na manhã desta quarta-feira (26/05).

A morte de Clayton Leão, sem dúvida alguma, é uma retaliação desesperada da bandidagem, por causa do trabalho competente e eficiente que o delegado realizava em Camaçari, onde se destacou como um dos principais executores não apenas do Plano Municipal de Segurança Pública mas também das ações do Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública e Cidadania) desenvolvidas no Município.

O delegado Clayton Leão sempre foi um exemplo de policial sério, honesto, que não contemporizava com a criminalidade. Com firmeza e determinação, combatia, de forma implacável, todos os tipos de fora-da-lei. Justamente por isso teve a vida ceifada. Mas, Camaçari e a Bahia não vão se dobrar às intimidações de criminosos covardes.

O prefeito Luiz Caetano decretou luto oficial de 3 dias no Município e expressa publicamente solidariedade à família do delegado Clayton Leão Chaves, assim como manifesta apoio a todos os policiais civis e militares que, cotidianamente, arriscam a vida no combate à criminalidade.

Com certeza, a Polícia Civil, com o trabalho competente que vem desenvolvendo na Bahia, saberá, com brevidade, dar a resposta que a sociedade espera.

Foto: Agnaldo Silva

O delegado sempre foi um exemplo de policial sério -

Mais Notícias

Vacinação contra Covid segue para as três doses

Vacinação contra Covid segue para as três doses

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 16 de setembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 16 de setembro de 2021

Seduc inicia 6ª etapa da entrega do Vale Merenda dia 29 de setembro

Seduc inicia 6ª etapa da entrega do Vale Merenda dia 29 de setembro

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.