Município debate prioridades para educação

Iwwa Agência
Publicado 11/11/2008 09:11:13

Estudantes, pais, professores e coordenadores debatem sexta-feira (14/11), em todos os centros educacionais, novos projetos e diretrizes para o ensino público, durante o 1º Fórum Municipal de Educação.

O tema é Novos Rumos para a Educação em Camaçari. O evento, realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), tem objetivo de propor novos rumos, projetos e ações e estabelecer compromissos mútuos entre pais, alunos e funcionários, contribuindo assim com a qualificação do ensino.

As atividades serão realizadas em quatro etapas. A primeira acontece nesta sexta-feira (14/11), em todos os centros educacionais. Na ocasião, pais, alunos, professores, funcionários e gestores preparam propostas sobre gestão educacional, formação de professores, formação de profissionais, práticas pedagógicas e infra-estrutura e elegem representantes.

Escolas com até 500 jovens nomeiam um funcionário, um professor, um aluno e um pai ou responsável. As que têm entre 501 e mil matriculados, definem um funcionário, dois professores, dois educandos e dois pais ou responsáveis. As unidades com mais de 1001 estudantes, um funcionário, três professores, três alunos e três pais ou responsáveis.

Na segunda etapa, prevista para o dia 21, os participantes debatem as propostas feitas e elegem cinco representantes. Esta fase é dividida em zonas, na Cidade do Saber Professor Raymundo Pinheiro, para as unidades da sede, e nas escolas Américo Ferreira, Amélia Rodrigues, Associação de Areias e Eliza Dias, para escolas da orla.

No dia 28, quando acontece a terceira fase, os representantes eleitos sistematizam os projetos e elaboram a proposta que será apresentada no dia 15 de dezembro, última fase, para toda comunidade. O encontro acontece também na Cidade do Saber.

MELHORIAS
Camaçari é uma das cidades que mais crescem na Bahia e a educação tem acompanhado a demanda. Todos os 90 centros educacionais passaram por algum tipo de intervenção desde 2005.

As ações ficam evidentes quando se observa o colégio. São escolas com quadra poliesportiva, vestiário, biblioteca, laboratórios de informática, matemática, ciências, experimentotecas, salas reestruturadas, novos refeitórios, banheiros adaptados e direção.

O trabalho de melhoria e requalificação do ensino público municipal vai além das obras de infra-estrutura. Os centros educacionais contam hoje com informática e internet, robótica, merenda escolar de qualidade e os docentes passam por curso de qualificação constantemente. O incentivo à educação ainda beneficiou 1.200 professores com computadores para auxiliar o desenvolvimento do trabalho em sala de aula.

Foto:

Mais Notícias

Concessão da Rodoviária e estudo de zona azul são temas de reunião

Concessão da Rodoviária e estudo de zona azul são temas de reunião

Café Filosófico Oluwo virtual reuni profissionais de educação

Café Filosófico Oluwo virtual reuni profissionais de educação

Prefeitura decreta recesso para o funcionalismo público no fim do ano

Prefeitura decreta recesso para o funcionalismo público no fim do ano

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.