Município conta com 17 mil empresas

Iwwa Agência
Publicado 27/02/2014 02:02:33

O desenvolvimento de Camaçari e a ampliação da qualidade de vida não passam só por ações e projetos voltados para questões sociais e urbanas, mas também pela melhoria da infraestrutura, o que viabiliza a chegada de novas empresas à cidade e, consequentemente, o fortalecimento dos micros e pequenos empreendedores, além da geração de emprego e renda.

Só em 2013, de acordo com a JUCEB (Junta Comercial do Estado da Bahia), foram constituídas 2.140 novas empresas no Município. Destas, 61,5% são formadas por micro e pequenos empreendedores, 8% são de pequeno porte e 30,5% de outros tipos. No estudo desenvolvido pelo órgão ainda foi destacado que o Município conta atualmente com 17 mil empresas, sendo 84% micro empresas, 13% de grande porte e 3% de empresas de pequeno porte. 

A agilidade e eficiência dos trabalhos executados pela Sefaz (Secretaria da Fazenda) e Sedur (Secretaria do Desenvolvimento Urbano), órgãos essenciais para formalização da abertura de empresas, também foram fatores cruciais para a atração do grande volume de investimentos para Camaçari.

A administração municipal também adotou a prática de reunir empresários e comerciantes locais nas mesas de negociações, para que os investidores conheçam os tipos de serviços disponibilizados em Camaçari, no ramo de alimentação, transporte, obras e limpeza, dentre outros.

Outra importante iniciativa do governo é o Fórum de Oportunidade, que acontece anualmente e integra os micros e pequenos empreendedores locais com as grandes indústrias, além estreitar os laços com o Sistema S (Senai, Sebrae e Sesi) para capacitar a população.

A desburocratização para abertura de empresa, através da viabilidade da Redesim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios), também tem contribuído para a atração de novos investimentos em Camaçari. De acordo com o setor de Cadastro Imobiliário da Sefaz, de novembro até esta quinta-feira (26/02) foram dadas 638 respostas de viabilidade, ou seja, este é o número de empresários que já solicitaram ao Município a autorização para abrir um negócio na cidade.

A pesquisa da Juceb aponta ainda que o número de empresas constituídas em Camaçari tem uma tendência a crescer e que o principal vetor é a formalização de micro e pequenos empreendedores, principalmente porque eles contam com ações do governo, ou seja, subsídios essenciais para o fortalecimento da atividade. 

Foto: Arquivo

Município apoia o microempreendedor individual -

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 23 de outubro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 23 de outubro de 2021

Camaçari é avaliada como gestão de excelência pela Firjan

Camaçari é avaliada como gestão de excelência pela Firjan

Prefeito visita Trevo da Cascalheira neste sábado (23)

Prefeito visita Trevo da Cascalheira neste sábado (23)

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.