Município apóia regularização de área no Parque das Mangabas

Iwwa Agência
Publicado 09/10/2009 04:10:54

Graças à preocupação do Município em garantir a regularização fundiária e resolver o problema do déficit habitacional, a situação dos moradores que ocuparam uma área privada no bairro Parque das Mangabas, está sendo analisada. O trabalho funciona em parceria com a associação de moradores local.

Após sucessivas reuniões, a empresa proprietária do terreno autorizou a associação a proceder com a regularização fundiária da área, dando entrada no processo de desmembramento e loteamento do terreno junto a Sedur (Secretaria do Desenvolvimento Urbano de Camaçari). Até que o documento seja analisado, não pode haver construção no local.

O terreno possui cerca de 400 mil metros quadrados e está dividido em 970 lotes, que estão sendo pagos de forma eqüitativa pelos moradores cadastrados junto à associação.

O pagamento é feito a uma corretora de imóveis contratada pela empresa. Segundo André Xavier, presidente da entidade, cerca de 1200 famílias devem ser contempladas.

“O processo de invasão começou há dois anos. Buscamos apoio da empresa e Prefeitura para evitar que a área sofresse com a ocupação desordenada. Temos a proposta de criar aqui um projeto de bairro planejado, onde os próprios moradores ajudarão a construir praças e pavimentar vias”, diz Mário César Ribeiro, diretor administrativo-financeiro da entidade.

O representante da Procuradoria Geral na Secretaria do Desenvolvimento Urbano (Sedur), Anderson Nogueira, destaca os benefícios da ocupação regular. “Resolver os problemas habitacionais implica em menos invasões, moradia digna e diminuição da violência”.

Poder construir uma casa no local é um sonho para Carlos Augusto Pereira Damasceno, 52 anos. Satisfeito com o andamento das negociações, o pequeno comerciante fala dos planos. “Esse projeto significa melhorias para o futuro. Quando o bairro cresce, a gente cresce junto”, opina.

Morando de aluguel há anos, Ester de Jesus da Silva Santana comemora mais uma parcela paga à caixa. na porta da casa, ode vende refrigerantes, garante que já conseguiu quitar dois meses da prestação da casa. Isso é melhor do que pagar para morar numa coisa que nunca vai ser minha”, afirma.

Foto: Agnaldo Silva

O terreno possui cerca de 400 mil metros quadrados -

Mais Notícias

Prefeito Elinaldo entrega oficialmente a iluminação do Natal de Luz

Prefeito Elinaldo entrega oficialmente a iluminação do Natal de Luz

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 2 de dezembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 2 de dezembro de 2021

Sesau realiza Dia D da vacinação contra Covid neste sábado (4)

Sesau realiza Dia D da vacinação contra Covid neste sábado (4)

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.