Município amplia serviço de atendimento jurídico

Iwwa Agência
Publicado 18/12/2008 10:12:12

Processos de separação judicial, pensão alimentícia e casos de pequeno porte poderão ser resolvidos de forma ágil e sem burocracia em Camaçari.

Importante serviço de atendimento jurídico, o Balcão da Justiça e Cidadania chega em janeiro nas comunidades de Barra do Pojuca e Parafuso.

O serviço melhora a qualidade do atendimento jurídico oferecido à população de baixa renda. Camaçari já conta com o Centro Municipal de Assistência Jurídica e Cidadania (Cajuc), que atende diariamente cerca de 40 pessoas.

“O Cajuc tem, atualmente, uma média de 800 processos e a maioria pode ser resolvida no balcão”, informa o advogado e coordenador do novo serviço, Augusto de Paula.

Em Camaçari, boa parcela da população não tem condição financeira para contratar um advogado nem arcar com as custas de processos. Por isso, o serviço deve ter eficiência e levar facilidades ao cidadão. Cada unidade vai contar com um advogado, dois estagiários e uma recepcionista.

Os balcões vão funcionar nos centros de Referência de Assistência Social (Cras) Casa da Família de cada localidade. A expectativa é de que cerca de 10 mil pessoas sejam beneficiadas com o serviço de Barra do Pojuca e outras seis mil de Parafuso.

Os serviços ampliam o acesso à justiça e resolvem os processos de forma conciliadora. “Nossa intenção é facilitar o atendimento a população e incentivar o acordo entre as partes”, disse a presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargadora Sílvia Zarif, durante a assinatura do convênio, ocorrida quarta-feira (17/12).

O projeto é do TJ e conta com a parceria da Prefeitura, que por meio da Secretaria de Assistência Social (Seas) está implantando o serviço no Município. Pelo acordo, a Prefeitura fica responsável pelo espaço físico e contratação dos profissionais.

Para o prefeito Luiz Caetano, o projeto reforça o atendimento à população mais carente que, às vezes, não tem condição de se deslocar até a sede para requerer os direitos.

O secretário da Seas, Carlos Silveira, explica que a intenção agora é ampliar o serviço para os demais Cras do Município. “O atendimento jurídico nas Casas da Família amplia ainda mais a assistência aos moradores que já contam com um espaço composto por assistentes sociais, psicólogos e coordenador”.

Com as novas unidades, Camaçari soma três balcões. O primeiro foi inaugurado recentemente pela Faculdade Metropolitana de Camaçari (Famec) e as outras duas nos Cras.

SERVIÇO
O Balcão da Justiça e Cidadania foi criado para facilitar o acesso da população carente aos serviços jurídicos. O principal objetivo é prestar assistência jurídica gratuita, democratizar o acesso e tornar o serviço mais ágil e dinâmico.

O serviço oferece orientação sobre direitos e deveres, mediação e conciliação de conflitos e acordo entre as partes em questões que envolvem pensão alimentícia, divórcio, reconhecimento espontâneo de paternidade, entre outros.

Foto: Carol  Garcia

Prefeito e presidente do TJ-Ba assinam convênio -

Mais Notícias

Praça e Campo Pedro Tudão é entregue em clima de festa  

Praça e Campo Pedro Tudão é entregue em clima de festa  

Vacinação contra Covid continua em Camaçari nesta terça (24)

Vacinação contra Covid continua em Camaçari nesta terça (24)

Sedap realiza 6ª compra do PAB nesta terça (24/5)

Sedap realiza 6ª compra do PAB nesta terça (24/5)

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.