Movimentos Sociais marcam presença na posse

ASCOM BOT
Publicado 01/01/2009 05:01:46

A cerimônia de posse do prefeito de Camaçari, Luiz Caetano, e da vice Tereza Giffoni foi marcada pela presença de representantes dos mais expressivos movimentos sociais do Município, a exemplo do empresariado, Polícia Militar, movimento sindical, várias frentes religiosas, do povo negro e cigano.

Joilma Freitas, presidente da ACEC (Associação Comercial e Empresarial de Camaçari), fez questão de participar do ato da posse que considera muito importante para o Município por ser um momento de afirmação da democracia.

Segundo Aurino Pedreira, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari, que representa cerca de 20 mil trabalhadores, a categoria esta bem assistida pelo governo municipal. Para ele, estar presente na cerimônia de posse é uma forma de expressar o compromisso que o movimento sindical precisa ter com relação ao projeto de governo e demonstrar a alegria pelo fato de o prefeito Caetano poder dar continuidade ao trabalho iniciado em 2005.

Na opinião do tenente-coronel Alfredo Castro, comandante do 12º BPM, “a Polícia Militar corre no mesmo trilho do governo municipal e, consequentemente, deve estar junto para melhorar as condições de trabalho e a atuação da PM perante a comunidade”. Quanto ao que espera do novo tempo que se inicia para Camaçari, ele afirma que “quando partimos para a análise do futuro, a certeza é que temos esperança de dias melhores”.

O povo negro foi representado por Ivonete Mota, do Movimento Negro Unificado de Camaçari. Na avaliação dela, o mandato anterior foi excelente para os negros, por trazer a questão racial para a pauta de discussão, “agora é hora de ampliar esse trabalho”.

O balanço também foi positivo para o povo cigano. De acordo com Gilson Dantas da Cruz, liderança do Grupo Cigano de Camaçari, um encontro realizado no ano passado foi o primeiro passo para inserir o povo cigano no governo.

A cerimônia foi marcada também pelas presenças de várias correntes religiosas, representadas pelo padre Jorge Bomfim, páraco da Igreja Católica, o apóstolo Antonio Lima, presidente do Comec (Conselho de Ministros Evangélicos de Camaçari) e a ialorixá Mãe Del, do terreiro Ilê Axé Ioromin.

Foto: Carol Garcia

Representantes do movimento negro prestigiaram a posse -

Mais Notícias

Melhoria em pavimento interdita provisoriamente a Jorge Amado no sentido HGC

Melhoria em pavimento interdita provisoriamente a Jorge Amado no se...

Leitos de internamento e regulação de pacientes é tema de reunião entre Sesau e diretoria do HGC

Leitos de internamento e regulação de pacientes é tema de reunião e...

Prefeitura de Camaçari orienta sobre processo de matrícula para 2021

Prefeitura de Camaçari orienta sobre processo de matrícula para 2021

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.