Moradores recebem certificado

Iwwa Agência
Publicado 13/12/2013 10:12:23

Nesta sexta-feira (13/12), 17 moradores do bairro Gleba C, beneficiados pelo Programa Municipal de Urbanização Integrada da Bacia do Rio Camaçari, receberam o certificado de conclusão do curso de informática básica.

A capacitação foi oferecida gratuitamente pela Prefeitura, por meio da empresa Hollus, executora do trabalho técnico e social do Programa do Rio Camaçari.

O curso mudou a vida da comerciante Margarida de Souza, de 66 anos, que foi para o primeiro dia de aula sem nem saber manusear o computador, hoje exibiu o certificado com orgulho e informou que já até tem endereço de e-mail.

A comerciante falou da importância do curso e destacou que com o conhecimento adquirido poderá aplicá-lo no trabalho”, algo que não fazia antes porque nenhum familiar tinha disponibilidade para ensiná-la. 

Em busca de uma vaga no mercado de trabalho, Janaina Lemos, de 19 anos, que concluiu o ensino médio este ano, encontrou no curso de informática uma forma de acrescentar mais qualificação ao currículo. “Agradeço a Prefeitura pela iniciativa e por estar preocupada em transformar não só com o lugar em que moramos, mas também nossas vidas, ressaltou.

A vice-prefeita Maria do Carmo Siqueira fez questão de prestigiar a solenidade e destacou a importância da iniciativa e principalmente da participação dos moradores no curso. “Esse é apenas o primeiro passo, um incentivo para que vocês busquem outras qualificações e conquistem uma vaga no mercado de trabalho”, frisou.

Também presente na cerimônia, o secretário da Habitação, João Bosco Quirelli, falou do trabalho social desenvolvido com as famílias que residem nas poligonais inclusas no programa de urbanização do rio Camaçari. “O trabalho que essas equipes realizam é de suma importância para o andamento das intervenções, afinal não é uma obra só de engenharia, é uma intervenção que envolve, principalmente, as pessoas”, pontuou.

De acordo com a coordenadora do trabalho técnico e social da Hollus, Juliane Macêdo, os cursos são oferecidos no intuito de oferecer novas perspectivas aos moradores. “Afinal, as obras vão acabar, mas as pessoas vão ficar. Portanto, é importante que elas se modifiquem, evoluam e cresçam junto com a cidade”.

O curso vai contemplar 200 pessoas, divididas em 10 turmas. As aulas sempre acontecerão em um equipamento público ou em uma associação da localidade em que os moradores residem, para facilitar o acesso. Uma próxima turma já inicia as aulas na segunda-feira (16/12). Serão beneficiados 20 moradores do bairro Nova Vitória, com o curso de inglês voltado para hotelaria e turismo.

Antes de oferecer a capacitação aos moradores, a Hollus fez um diagnóstico para identificar quais as necessidades e anseios da população com relação ao aperfeiçoamento para o mercado de trabalho. O trabalho foi feio pelas equipes de assistência social, sob orientação de um sociólogo.

Até o final do mês, a Hollus finaliza a tabulação de dados para conhecer as demandas dos moradores que foram reassentados e então programar o início do curso para essas pessoas.

As aulas do curso de informática foram realizadas na sede da UOSCC (União das Organizações Sociais e Culturais de Camaçari), que também cedeu os equipamentos para serem utilizados pelos moradores. 

 

Slideshow | 6 fotos

Moradores recebem certificado

Mais Notícias

Parceria entre Secult e Sedap é discutida em reunião

Parceria entre Secult e Sedap é discutida em reunião

Contas do 2º quadrimestre de 2021 da Seduc são apresentadas em audiência pública

Contas do 2º quadrimestre de 2021 da Seduc são apresentadas em audi...

Sejuv abre inscrições para formação técnica de educadores físicos

Sejuv abre inscrições para formação técnica de educadores físicos

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.