Mais de 600 barraqueiros e ambulantes no Camaforró

Iwwa Agência
Publicado 25/06/2010 12:06:58

Mais do que opção de lazer e entretenimento, o Camaforró também representa uma importante fonte de renda para centenas de pessoas que aproveitam a festa para ganhar um dinheiro extra.  

Este ano, a prefeitura de Camaçari cadastrou 224 barraqueiros e 382 ambulantes para trabalhar na área interna e externa do Espaço Camaçari durante os quatro dias do Camaforró. Em 2009, foram aproximadamente 120 barraqueiros e 180 ambulantes.

Maria Batista, 62 anos, é uma das beneficiadas. Moradora do bairro Ponto Certo, ela vende cachorro-quente e bebidas na barraca Hot-dog da Maria, ao lado do marido, Manuel do Amparo, 55 anos.

Segundo a comerciante, apesar do cansaço o trabalho compensa. O casal consegue um lucro médio de 100% do valor investido.

Um aspecto importante é que a Prefeitura de Camaçari não cobra nenhuma taxa pela cessão do espaço, o que para Maria Batista representa um grande ganho.

“Com isso, nós temos menos custo e o prefeito Caetano acaba nos ajudando”, diz.

A doméstica Carmem dos Santos Ribeiro, 38 anos, também aproveita o Camaforró para ganhar um dinheiro extra como ambulante. “Com o que vou ganhar aqui vou poder sair do vermelho”, ressaltou.

Todos os ambulantes e barraqueiros que trabalham no Camaforró foram cadastrados pela Prefeitura no período de 1 a 15 de junho. Entre os dias 18 e 23 deste mês, os profissionais receberam camisas, crachás e adesivos para atuarem na festa. 

Slideshow | 2 fotos

Mais de 600 barraqueiros e ambulantes no Camaforró

Mais Notícias

Concessão da Rodoviária e estudo de zona azul são temas de reunião

Concessão da Rodoviária e estudo de zona azul são temas de reunião

Café Filosófico Oluwo virtual reuni profissionais de educação

Café Filosófico Oluwo virtual reuni profissionais de educação

Prefeitura decreta recesso para o funcionalismo público no fim do ano

Prefeitura decreta recesso para o funcionalismo público no fim do ano

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.