Licitação acontece dia 21 de junho

Iwwa Agência
Publicado 09/06/2010 05:06:54

A Prefeitura de Camaçari realiza no dia 21 de junho, uma nova licitação para obra de reconstrução do Teatro Municipal Alberto Martins, antigo Magalhães Neto.

Realizado na modalidade de tomada de preço, o processo licitatório está marcado para ocorrer às 9h, no auditório da Comissão de Licitação, instalado no prédio da Secretaria do Desenvolvimento Urbano (Sedur), Centro Administrativo do Município.

Na ocasião, serão abertos os envelopes de proposta de preço e, em seguida, a análise dos documentos que podem ser entregues no local com horário marcado ou enviadas via Correios.

O resultado e a data da abertura dos envelopes de habilitação devem ser divulgados no dia seguinte, através do site oficial da Prefeitura de Camaçari, no endereço eletrônico www.camacari.ba.gov.br.

Na data marcada, serão abertos os envelopes de habilitação dos licitantes analisada a documentação. Nas duas etapas, os licitantes têm o prazo de cinco dias úteis para recorrer da decisão da comissão.

Finalizadas as etapas, a licitação é homologada. O processo ocorre no prazo de 15 a 30 dias úteis.

Esta é a segunda licitação realizada para a obra do teatro. A primeira foi no dia 13 de maio, mas a empresa licitante foi desclassificada porque a proposta de preço não estava adequada ao edital.  

De acordo com o secretário da Cultura (Secult), Vital Vasconcelos, após a homologação do processo licitatório, será expedida a ordem de serviço para início das obras.

A previsão é de que a intervenção seja concluída no prazo de seis meses. Ainda, segundo o secretário, em paralelo ao início das obras, será lançado o pregão eletrônico para a aquisição dos equipamentos, a exemplo de mobiliário, telão, projetor, cortina, rouparia e sonorização.  

O teatro Alberto Martins será ampliado e destinado, prioritariamente, para dar vazão à produção cultural local. As montagens locais de maior porte serão encenadas no Teatro da Cidade do Saber.

ESTRUTURA

Após as obras, o teatro vai dispor de auditório com capacidade para 180 pessoas, espaço reservado para cadeirantes, dois camarins com banheiro privativo, rouparia, dois depósitos, área técnica (área em volta do palco) e dois sanitários adaptados.

Há ainda um pavimento superior para a área administrativa, com auditório com 50 lugares para ser utilizado em ensaios e leituras pelos grupos, duas salas administrativas, copa e sanitários.

O espaço conta também com foyer, equipado com sanitários feminino e masculino, ambos com adaptação para portadores de necessidades especiais.

A área que abrigava a Casa do Gari será agregada ao teatro. No local, será construído um palco anexo na área externa, restaurante, lanchonete, além de sanitários.

 

Foto: Divulga?

Projeto define um novo perfil para o teatro -

Mais Notícias

Entrega de cupons da Cesta de Natal tem segundo dia tranquilo

Entrega de cupons da Cesta de Natal tem segundo dia tranquilo

Cinco ruas da sede recebem pavimentação asfáltica

Cinco ruas da sede recebem pavimentação asfáltica

Projeto

Projeto "Das Telas às Imagens" chega à nova etapa

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.