Jovens de Camaçari brilham na seleção do Bolshoi

Iwwa Agência
Publicado 15/06/2009 09:06:01

A perfeição dos movimentos, os gestos delicados e a flexibilidade renderam a mais quatro jovens de Camaçari uma vaga na audição final de uma das mais conceituadas escolas de balé do mundo, o Bolshoi.

Selecionadas entre outros 130 talentos do Município, Geisa Menezes, 10, Yasmim Ferreira, 10, Pâmela Silva e Débora de Carvalho, 11, seguem, em outubro, para Joinville, Santa Catarina, para participar da última seletiva.

O bom desempenho do Município na etapa de classificação é apenas uma prévia dos resultados que podem ser obtidos com as aulas realizadas na Cidade do Saber Professor Raymundo Pinheiro.

A determinação e a vontade de realizar o sonho de ser bailarina profissional e compor o quadro de estudantes da escola russa deram às quatro meninas de Camaçari, disciplina e o desejo de se aperfeiçoar.

De acordo com as representantes da escola, Silvana Albuquerque e Maria Antonia Spadari, inicialmente seriam escolhidas duas crianças, mas diante do nível elevado, foram indicadas quatro. “As jovens superaram as expectativas devido ao talento apresentado. A Cidade do Saber está de parabéns pelo trabalho que vem fazendo” disseram.

As jovens selecionadas agora vão concorrer com outros 500 candidatos de todo país. “Vou deixar o nervosismo e a ansiedade de lado. Tenho boas expectativas para a última seletiva, pois, se passei aqui, também posso ser aprovada lá”, declara a confiante Yasmim Ribas. No exame final, os alunos ainda passam por avaliação médica e fisioterápica, artística e musical.

O desejo de ser bailarina, subir no palco e apresentar para um grande público pode estar próximo de se tornar realidade também para Pâmela Silva. Sei que vai ser difícil, mas tenho me dedicado muito para ficar entre os melhores. O que aprendi na Cidade do Saber é fundamental para o meu aprendizado na seleção. Vou levar tudo para Santa Catarina”, diz.

Caso sejam aprovadas na seletiva nacional, as quatro jovens serão as novas moradoras da Casa Social de Camaçari, em Joinville. No local residem Daiane, Érica, Rodrigo e Alexandre que, no ano passado brilharam no palco do Bolshoi e garantiram uma bolsa de estudos na escola. A Casa é mantida pelo complexo de inclusão social Cidade do Saber em parceira com a Prefeitura.

Nas aulas em Joinville, os jovens ensaiam incansavelmente. As salas têm piso especial para que o impacto da dança não prejudique os joelhos em formação. Todos os contemplados recebem uniformes, partituras e outros materiais utilizados nas aulas.

Entre os cursos oferecidos, além de balé clássico, estão dança folclórica, preparação e prática cênica, danças populares históricas, dramatização, maquiagem e literatura musical e estrangeira.

Foto: Ascom / Cidade do Saber

Selecionadas concorrem com 500 candidatos do país -

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 16 de janeiro de 2022

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 16 de janeiro de 2022

Crianças quilombolas de 5 a 11 anos são vacinadas contra Covid-19

Crianças quilombolas de 5 a 11 anos são vacinadas contra Covid-19

Camaçari inicia vacinação contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos com comorbidades e deficiência e retoma aplicação em adultos e adolescentes

Camaçari inicia vacinação contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 a...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.