Iniciativa é apresentada às polícias

Iwwa Agência
Publicado 29/02/2012 03:02:08

Representantes das polícias Civil e Militar de Camaçari conheceram a proposta do Observatório da Violência e Criminalidade, nesta quarta-feira (29/02). A iniciativa, que está em fase de implantação no Município, visa ampliar a rede de políticas públicas de prevenção e combate à violência.

A primeira fase de implantação do Observatório compreende a apresentação dos objetivos específicos e da metodologia que será aplicada durante o desenvolvimento do trabalho na cidade, que contará com a colaboração das polícias Civil e Militar, da Vigilância Epidemiológica do Município, da Sedes (Secretaria do Desenvolvimento Social) e dos gestores das escolas da rede pública municipal.

A próxima fase do trabalho envolve a coleta de dados para a construção do diagnóstico que identificará os índices de violência, criminalidade, mortalidade por causas externas e vulnerabilidade social. Após a elaboração do histórico inicial, os dados serão atualizados mensalmente.

Em seguida, será realizada a interpretação das informações para subsidiar os trabalhos de planejamento, execução, monitoramento e avaliação dos programas e projetos que integram o Sistema da Segurança Pública do Município.

De acordo com a secretária do Desenvolvimento Social, Jailce Andrade, o Observatório vai contribuir também para construção do Plano Municipal de Segurança Pública. “Com estes dados será possível desenvolver ações mais efetivas de prevenção à violência no Município”, explicou a secretária.

Responsável pela implantação do Observatório no Município, o professor Luís Melhado, representante da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, informou que além de Camaçari, o município de Lauro de Freitas também foi beneficiado pelo Ministério da Justiça com a implantação do Observatório.

Ao conhecer a iniciativa, o delegado titular da 18ª Delegacia Territorial de Camaçari, João Uzzum, elogiou a implantação do Observatório no Município e mostrou-se disponível para o desenvolvimento do trabalho. “Essa iniciativa vai colaborar bastante com o trabalho da polícia”.

Também participaram do encontro o delegado titular da 33ª Delegacia de Monte Gordo, Geraldo Adolfo, o delegado plantonista da 26ª Delegacia de Vila de Abrantes, Giovani Barreto, e o major do 12º Batalhão da Polícia Militar, André Cunha.  

Foto: Wendell Wagner

Sedes e polícias discutem as ações do Observatório -

Mais Notícias

Concessão da Rodoviária e estudo de zona azul são temas de reunião

Concessão da Rodoviária e estudo de zona azul são temas de reunião

Café Filosófico Oluwo virtual reuni profissionais de educação

Café Filosófico Oluwo virtual reuni profissionais de educação

Prefeitura decreta recesso para o funcionalismo público no fim do ano

Prefeitura decreta recesso para o funcionalismo público no fim do ano

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.