Idoso comemora dia com palestras e lazer

Iwwa Agência
Publicado 01/10/2008 01:10:01

Camaçari comemora o Dia Internacional do Idoso, 1º de outubro, com avanços e uma programação recheada de atividades. O Município, referência estadual em promoção de políticas públicas para pessoas acima de 60 anos, realiza trabalho de inclusão social através do Conviver e visitas domiciliares para assegurar que o Estatuto do Idoso seja cumprido.

Para chamar a atenção dos moradores, o Espaço Conviver promove durante toda semana palestras e apresentações culturais com os mais de 800 idosos. As atividades terminam quinta-feira (02/10) com a caminhada da paz. A marcha sai do centro de convivência em direção à Prefeitura.

De acordo com a terapeuta Ana do Vale, os eventos são fundamentais para que a família reconheça o papel do idoso e a contribuição deles na sociedade. “O idoso enfrenta muito problema no dia-a-dia, como depressão, abandono, falta de projetos e atividades de lazer, por isso eles devem ter cuidados especiais, principalmente da família”.

Para a aposentada Valdizia de Miranda, 59 anos, as atividades valorizam e reforçam a auto-estima. “Passamos boa parte da vida ajudando a desenvolver o país. É digno que sejamos reconhecidos na velhice e os profissionais daqui nos ajudam quando trabalham em grupo e nos inclui socialmente”. O Conviver conta o apoio de uma equipe interdisciplinar formada por 30 técnicos.

Há 25 anos freqüentando o Centro de Convivência, Manoel Dionísio Filho, 95, faz questão de falar das conquistas dos idosos em Camaçari. “Hoje, temos um espaço digno para a nossa animação. O Conviver é a minha segunda casa”.

Com oito salas, salão para eventos, atelier, mini palco, além da área verde, o Centro de Convivência se transformou no principal espaço de idosos do Município. O local, que funciona de terça a sexta-feira, oferece aulas de alfabetização, oficinas de dança, artesanato, corte e costura, grupo terapêutico, acompanhamento com fisioterapeuta, psicólogo e jogos.

Uma equipe da Assistência Social também realiza visitas domiciliares para esclarecer as famílias sobre a importância do Estatuto do Idoso e averiguar possíveis denúncias contra pessoas acima de 60 anos. Camaçari registra, em média, três ocorrências por mês. Mais de 10 mil idosos vivem hoje no Município.

Foto: Agnaldo Silva

Programação no espaço Conviver termina quinta-feira -

Mais Notícias

Rompimento de fibra óptica compromete atendimento da Defesa Civil pelo 199

Rompimento de fibra óptica compromete atendimento da Defesa Civil p...

Inscrições para ocupação do Teatro Alberto Martins seguem até sexta (29)

Inscrições para ocupação do Teatro Alberto Martins seguem até sexta...

Pracinhas da Cultura terá aulão de zumba em alusão ao Outubro Rosa

Pracinhas da Cultura terá aulão de zumba em alusão ao Outubro Rosa

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.