Idoso comemora dia com palestras e lazer

ASCOM BOT
Publicado 01/10/2008 01:10:01

Camaçari comemora o Dia Internacional do Idoso, 1º de outubro, com avanços e uma programação recheada de atividades. O Município, referência estadual em promoção de políticas públicas para pessoas acima de 60 anos, realiza trabalho de inclusão social através do Conviver e visitas domiciliares para assegurar que o Estatuto do Idoso seja cumprido.

Para chamar a atenção dos moradores, o Espaço Conviver promove durante toda semana palestras e apresentações culturais com os mais de 800 idosos. As atividades terminam quinta-feira (02/10) com a caminhada da paz. A marcha sai do centro de convivência em direção à Prefeitura.

De acordo com a terapeuta Ana do Vale, os eventos são fundamentais para que a família reconheça o papel do idoso e a contribuição deles na sociedade. “O idoso enfrenta muito problema no dia-a-dia, como depressão, abandono, falta de projetos e atividades de lazer, por isso eles devem ter cuidados especiais, principalmente da família”.

Para a aposentada Valdizia de Miranda, 59 anos, as atividades valorizam e reforçam a auto-estima. “Passamos boa parte da vida ajudando a desenvolver o país. É digno que sejamos reconhecidos na velhice e os profissionais daqui nos ajudam quando trabalham em grupo e nos inclui socialmente”. O Conviver conta o apoio de uma equipe interdisciplinar formada por 30 técnicos.

Há 25 anos freqüentando o Centro de Convivência, Manoel Dionísio Filho, 95, faz questão de falar das conquistas dos idosos em Camaçari. “Hoje, temos um espaço digno para a nossa animação. O Conviver é a minha segunda casa”.

Com oito salas, salão para eventos, atelier, mini palco, além da área verde, o Centro de Convivência se transformou no principal espaço de idosos do Município. O local, que funciona de terça a sexta-feira, oferece aulas de alfabetização, oficinas de dança, artesanato, corte e costura, grupo terapêutico, acompanhamento com fisioterapeuta, psicólogo e jogos.

Uma equipe da Assistência Social também realiza visitas domiciliares para esclarecer as famílias sobre a importância do Estatuto do Idoso e averiguar possíveis denúncias contra pessoas acima de 60 anos. Camaçari registra, em média, três ocorrências por mês. Mais de 10 mil idosos vivem hoje no Município.

Foto: Agnaldo Silva

Programação no espaço Conviver termina quinta-feira -

Mais Notícias

Prefeitura de Camaçari apresenta Plano de Vacinação contra a Covid-19

Prefeitura de Camaçari apresenta Plano de Vacinação contra a Covid-19

Sejuv inicia práticas de HIIT Funcional e Aeróbica no estádio municipal

Sejuv inicia práticas de HIIT Funcional e Aeróbica no estádio munic...

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 15 de Janeiro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 15 de Janeiro de 2021

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.