Histórias construídas com muito orgulho

Iwwa Agência
Publicado 28/09/2009 05:09:58

O desfile cívico dos 251 anos de Camaçari remete a um recorte de histórias, formada por pessoas de diferentes culturas e classes sociais. Gente que nasceu e prosperou no Município e filhos “adotivos”, que vieram de fora com a esperança de melhores condições de vida e acabaram se estabelecendo por aqui.

Antônio Lisboa, 47 anos, mais conhecido como Antônio da farmácia, vive em Camaçari desde que nasceu. Empresário do ramo de medicamentos há 25 anos, o morador se emociona ao falar do patrimônio que conseguiu acumular.

“Camaçari é uma terra promissora, de oportunidades para todos. Talvez se eu morasse em outro local, não contasse com infra-estrutura para expansão dos meus negócios. Acredito na cidade a acho que posso crescer ainda mais, já que tem potencial turístico, comercial e industrial”, diz. Antônio Lisboa hoje é dono de cinco farmácias na sede, uma na orla e mais uma distribuidora de medicamentos em Feira de Santana.

A satisfação é a mesma para Kátia Cilene da Cunha Pinheiro. A comerciante, 40 anos, soma a emoção de retornar à terra para recomeçar a vida e de fazer parte de uma das famílias mais tradicionais da cidade. “Saí de Camaçari em 1989 para procurar emprego em Curitiba, mas não consegui me adaptar por lá. Alguns anos depois, voltei para o Município, onde há 10 anos, vendo confecção e bijuterias. É com essa renda que mantenho a casa e sustento meu filho, de oito anos”.

Kátia Cilene diz que não se arrepende de ter voltado à cidade e faz planos para o futuro. “Ano que vem pretendo matricular meu filho em um dos cursos da Cidade do Saber. Investimentos como este, não encontraria em cidade nenhuma”, opina.

Atual secretário da Fazenda (Sefaz), Paulo Gomes, é um dos grandes conhecedores da história de Camaçari. Exemplo de garra e dedicação, integra o corpo administrativo desde 1981, quando foi aprovado em concurso público. De lá para cá, ele acompanhou muitas mudanças.

“Nasci em Salvador, mas vim para Camaçari ainda criança. Passei pela sala de aula para pagar meus estudos e depois ingressei na vida pública. Hoje, vejo que Camaçari não é mais ocupada por pessoas que vem para cá só para ganhar dinheiro, e sim por àqueles que conhecem e tem a cara da cidade. Isso é bom porque cria oportunidades para quem é daqui”, diz .

Paulo Gomes anuncia que atualmente trabalha com alteração da legislação, que prevê maior facilidade para o empresário montar o próprio negócio. “Estou muito feliz de ocupar a pasta. Trabalhamos para manter a margem de arrecadação e garantir todo investimento necessário ao crescimento da cidade”, finaliza.

Slideshow | 2 fotos

Histórias construídas com muito orgulho

Mais Notícias

Roda de Conversa abre a semana alusiva ao Dia Nacional da Pessoa em Situação de Rua

Roda de Conversa abre a semana alusiva ao Dia Nacional da Pessoa em...

Construção de urnas funerárias será concluída nesta semana

Construção de urnas funerárias será concluída nesta semana

Limpeza de canais é realizada em Vila de Abrantes e Jardim Limoeiro

Limpeza de canais é realizada em Vila de Abrantes e Jardim Limoeiro

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us