Governo entra na justiça contra greve

Iwwa Agência
Publicado 12/03/2015 03:03:33

A Prefeitura de Camaçari decidiu entrar na Justiça por considerar abusiva a greve dos professores da rede pública municipal, que já dura mais de duas semanas. A decisão de recorrer visa, unicamente, preservar o direito dos estudantes e das famílias diante da intransigência da categoria.

A greve foi deflagrada de forma precipitada, na abertura da mesa de negociação da campanha salarial 2015, sob a alegação da existência de duas pendências do ano passado, o enquadramento de 20 para 40 horas e a lei de incentivo a docência.

O governo já baixou o decreto assegurando o enquadramento. Além disso, em reunião com a Câmara de Vereadores, acertou o compromisso de 17 dos 19 parlamentares de votarem o projeto de incentivo a docência na próxima terça-feira (17/03).

Para o secretário de Governo, Sergio Paiva, a greve tem motivação meramente política, fruto da radicalização de uma minoria que adota posicionamento inflexível, o que prejudica mais de 40 mil alunos do município.

Foto: Marcelo Ferrão

Secretário Sergio Paiva considera greve abusiva -

Mais Notícias

Bolsa Família Itinerante chega ao bairro Gravatá

Bolsa Família Itinerante chega ao bairro Gravatá

Mais de 45 escolas receberam melhorias nos últimos três meses

Mais de 45 escolas receberam melhorias nos últimos três meses

Readaptação e entusiasmo marcam volta às aulas da Pracinhas da Cultura

Readaptação e entusiasmo marcam volta às aulas da Pracinhas da Cultura

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.