Financiamento garante construção

Iwwa Agência
Publicado 27/12/2013 03:12:19

Foi assinado o contrato de financiamento entre a Desenbahia (Agência de Fomento do Estado da Bahia) e a tríade empresarial SC Camaçari, no valor de R$ 56 milhões, para investir na construção do Shopping Boulevard Camaçari, na avenida Jorge Amado. O contrato foi firmado na presença do prefeito Ademar Delgado, na sede da agência, em Salvador.

“Camaçari sempre foi uma cidade que acolheu os trabalhadores, mas não tinha na sede do Município um empreendimento de grande porte que pudesse oferecer mais serviços à população. A gente fecha o ano com uma notícia maravilhosa como essa. Ao todo, são cinco grandes empreendimentos confirmados”, declarou o Prefeito Ademar, durante o evento realizado na quinta-feira (26/12).

O presidente da Desenbahia, Vitor Lopes, explica que o financiamento se deve, também, às obras de infraestrutura realizadas na cidade nos últimos anos e o aspecto visual do Município, que torna o local mais atrativo e com maiores chances de retorno.

“Camaçari está mais bonita e tem se consolidado também como local de convivência e lazer e não apenas um local de trabalho. Acho que é um empreendimento que vai contribuir muito para a dinâmica do Município”, avaliou Vitor Lopes.

O empreendimento é fruto do II Fórum Camaçari Polo de Oportunidades, promovido pela Prefeitura, através da Sedec (Secretaria de Desenvolvimento Econômico). O titular da pasta, Djalma Machado, orgulha-se de ter trabalhado na aproximação das partes. “Nós convidamos o presidente da Desenbahia e sabíamos das dificuldades que eles (a tríade SC Camaçari) tinham com financiamento. Então, nós aproximamos e foi feito o financiamento em tempo recorde de quatro meses”, conta.

Para a secretária do Desenvolvimento Urbano, Ana Lúcia Costa, esta obra traz para o Município um serviço importante para a população. “Vai dinamizar a cidade e atender a um público que quer algo mais diferenciado”, explicou.

SHOPPING

Localizado na Reserva dos Camassarys, entre a avenida Jorge Amado e a Via Parafuso (BA-535), o Shopping está sendo construído para receber 5 mil famílias e deve estar aberto para as compras no primeiro semestre de 2015. O espaço deve ter 130 lojas, incluindo a praça de alimentação e salas de cinema.

“Nós estudamos a cidade, descobrimos seu potencial e, apesar de ter esse comércio pujante, a gente acredita que há essa lacuna, a falta de um equipamento que proporcionasse serviço e lazer”, detalhou Antônio Carlos Menezes, presidente da Nova Vila Patrimonial que juntamente com a Iron House e a EPP Empreendimentos Imobiliários são responsáveis pelo shopping.

Durante a obra, devem ser gerados 250 empregos diretos e 400 indiretos.  Em funcionamento, o shopping deve prover 1.500 empregos diretos e 2.500 indiretos, segundo informou o presidente da EPP, Edson Piaggio. “A estimativa é de que no primeiro ano de funcionamento o centro de compras e entretenimento fature R$ 150 milhões”, informou o presidente da EPP, Edson Piaggio.

Os R$ 56 milhões financiados pela Desenbahia se somam ao capital próprio do grupo de R$ 40 milhões para a construção de um empreendimento de 19,5 mil metros quadrados de área bruta locável. O financiamento deve começar a ser pago ao Estado, a partir de dezembro de 2015 e concluído em 2025.

Foto: Marcos Paulo

Assinado o financiamento da construção do shoppping -

Mais Notícias

Parceria entre Secult e Sedap é discutida em reunião

Parceria entre Secult e Sedap é discutida em reunião

Contas do 2º quadrimestre de 2021 da Seduc são apresentadas em audiência pública

Contas do 2º quadrimestre de 2021 da Seduc são apresentadas em audi...

Sejuv abre inscrições para formação técnica de educadores físicos

Sejuv abre inscrições para formação técnica de educadores físicos

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.