Festa oferece diversos serviços

Iwwa Agência
Publicado 26/06/2011 01:06:28

O maior São João da Bahia, o Camaforró 2011, conta com uma mega estrutura. Montado no Espaço Camaçari, em uma área de 39 mil metros quadrados, o local abriga 250 barracas, 120 sanitários químicos, 18 estandes de serviços, 13 camarins para artistas, 10 bancos de praça, 10 toldos para os ambulantes ampliarem a oferta de comidas e bebidas para o público, seis elevados para a Polícia Militar, dois camarotes, coreto e torre sineira.

Entre as novidades deste ano, a Prefeitura disponibilizou um espaço para portadores de deficiência no camarote oficial, com espaço para 15 cadeiras, e um sanitário adaptado.

 A organização da festa também se preocupou em oferecer uma excelente gama de serviços públicos, com a finalidade de proporcionar mais segurança e conforto aos participantes. Mais de 1.200 profissionais trabalham por noite.

Dentro do Espaço Camaçari estão instalados os postos do Conselho Tutelar, Juizado da Infância e da Juventude, Sesau (Secretaria da Saúde), STT (Superintendência de Trânsito e Transporte), Defesa Civil, Sesp (Secretaria dos Serviços Públicos), Observatório contra descriminação, polícias Civil, Militar e Deam (Delegacia Especial de Atendimento à Mulher) e Ouvidoria Municipal.

 

                                                                   SERVIÇOS

SEGURANÇA

O esquema de segurança montado pelas policias Civil, Militar, Rodoviária e Deam conta com 700 profissionais trabalhando, além de cerca de 500 seguranças particulares. O espaço da festa conta ainda com o suporte de 10 câmeras de segurança instaladas na área do evento, o que permite uma fiscalização melhor da área.

No acesso ao Espaço Camaçari a segurança é feita através da revista do público. Na área interna da festa o policiamento é feito pelas patrulhas policiais e em postos elevados. Na área externa, a polícia realiza o patrulhamento a pé e motorizado, com o suporte de motos e viaturas. Além disso, policiais trabalham na sala de monitoramento acompanhando as imagens das câmaras de segurança e, quando necessário, acionam o patrulhamento.

 

JUIZADO DA INFÂNCIA E JUVENTUDE

O órgão marca presença mais uma vez no Camaforró, este ano trazendo novidades. A primeira é a pulseira de identificação de menor, o instrumento serve como auxílio no reconhecimento de crianças que se perdem dos pais ou responsáveis.

Além de trazer o nome dos menores e dos pais ou responsáveis, a pulseira traz também o telefone de contato da criança. Outra novidade é o uniforme usado pelos agentes, que antes trajavam coletes com o emblema do órgão e agora passaram a usar camisas.

O Juizado este ano também conta com o apoio da Polícia Militar, que não está permitindo a entrada de crianças e adolescentes no evento sem a presença dos pais ou responsáveis.

O estande do Juizado da Infância e Juventude está localizado na área de serviços, ao lado do Palco Principal, próximo do Conselho Tutelar e da Polícia Militar. A equipe é composta por 10 agentes, que tem a função de identificar casos de trabalho infantil, agressão e aliciamento de menor, assim como a venda e o uso indevido de bebida alcoólica.

 

SAÚDE

A Sesau (Secretaria da Saúde) dispõe de uma ampla estrutura de saúde para dar o suporte necessário ao público do Camaforró. Mais de 30 profissionais trabalham na festa, dentre eles médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistentes sociais, agentes da vigilância epidemiológica e sanitária, além de coordenadores, pessoal de apoio e limpeza, e duas ambulâncias básicas.

A Central de Atendimento Médico, montada no Espaço Camaçari, dispõe de seis macas e seis colchonetes distribuídos entre a sala de atendimento e o bebódromo, área destinada para a recuperação das pessoas que excedem no consumo de bebida alcoólica.

Os casos mais graves serão encaminhados para o HGC (Hospital Geral de Camaçari) ou para as unidades de PA (Pronto Atendimento) Novo Aliança ou Irmã Dulce, que tiveram as equipes reforçadas durante o Camaforró.

A saúde é responsável ainda, pela fiscalização e inspeção das barracas e ambulantes que comercializam comida e bebida, através da Vigilância Sanitária.

Profissionais do Cres (Centro de Referência em Saúde) fazem a distribuição de preservativos e de panfletos informativos sobre as DST’s (Doenças Sexualmente Transmissíveis). Os agentes da Vigilância Epidemiológica atuam na verificação de possíveis casos de dengue ou diarréia.

 

TRÂNSITO E TRANSPORTE

A STT (Superintendência de Trânsito e Transporte) trabalha com toda frota do Município, durante 24 horas, para atender as pessoas da sede, orla e Região Metropolitana com rapidez, segurança e comodidade.

O esquema de trânsito e transporte conta com cerca de 50 profissionais, entre agentes de trânsito e transporte, supervisores e diretor, disciplinam as frotas de veículos que transportam, durante toda a noite, cerca de 80 mil pessoas que lotam o Espaço Camaçari. Duas viaturas e uma motocicleta dão apoio aos agentes.

O público do Camaforró também conta com 300 mototáxis, 180 táxis, 185 ônibus urbanos e 80 metropolitanos. As pessoas que saírem de Salvador também têm transporte garantido com horários extras, solicitados pela STT à Agerba (Agencia Estadual de Serviços Públicos do Estado da Bahia). Os transportes fazem a linha Estação da Lapa, Itapuã e Aeroporto.

Quem vem de carro pode contar com a segurança dos estacionamentos situados nas imediações da festa. São cerca de 1.200 vagas geridas pela iniciativa privada. Quem preferir estacionamento gratuito pode colocar o carro no Centro Administrativo, no entorno da Câmara de Vereadores, vias adjacentes ao Espaço Camaçari, Ponto Certo, Famec, na Avenida Jorge Amado e no Pólo de Apoio.

Durante o evento, a STT oferece o serviço de Ouvidoria do órgão, disponível na parte externa do Espaço Camaçari. Os usuários podem ainda entrar em contato com o órgão, através da Central de Operações de Trânsito da STT, nos telefones 0800 285 4030 e 9981-0132. A equipe está de prontidão das 21h até meia-noite.

 

DEFESA CIVIL

A Codec (Coordenação Defesa Civil) de Camaçari está preparada para atender o público do Camaforró 2011. Durante o evento, o órgão trabalha com uma equipe de 23 pessoas por dia, durante 24 horas.

Dentre as ações da defesa Civil estão a instalação de extintores de incêndio e orientação de como utilizar o equipamento, abastecimento de água potável para os barraqueiros, monitoramento da instalação elétrica das barracas, instalação de estandes de ambulantes, instalações de botijões de gás, rondas no Espaço Camaçari, vistoria técnica em todos os camarotes e barracas, assim como a fiscalização do uso de fogos de artifício. Uma brigada de incêndio do Corpo de Bombeiros vai funcionar das 19h às 6h da manhã durante os quatro dias.

A Codec vai trabalhar com cinco viaturas, dois caminhões de combate a incêndio e abastecimento de água, três motocicletas para fiscalização, dois caminhões de apreensão de animais, um caminhão de sucção de fossa e outro para desobstrução de esgoto.

As solicitações de serviços da Defesa Civil podem ser feitas através do telefone 199.

SESP

A secretaria atua na fiscalização das barracas instaladas na área interna e externa do espaço e no controle do comércio ambulante, assim como a limpeza e higienização do local e a iluminação pública.

Uma equipe composta por 30 fiscais é responsável pelos trabalhos.

 

OBSERVATÓRIO

O Observatório contra a Discriminação Racial, Orientação Sexual, Violência de Gêneros e Intolerâncias Correlatas participa ativamente do Camaforró.

No Espaço Camaçari, está com um estande montado, que tem como principal finalidade difundir informações sobre os Direitos Humanos e trabalhar diversas ações, como a identificação de violência contra mulheres, negros e contra a comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais).

O Observatório conta com uma equipe de 10 profissionais atuando durante as quatro noites de festa, com objetivo de detectar situações nas quais os Direitos Humanos estejam sendo infringidos.

 

Foto: Adeílson Carvalho

Juizado distribui pulseira de identificação à crianças -

Mais Notícias

Vacinação contra Covid segue nesta segunda (27) e aprazados da 2ª dose para a terça (28/9) devem antecipar a vacina

Vacinação contra Covid segue nesta segunda (27) e aprazados da 2ª d...

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 26 de setembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 26 de setembro de 2021

Camaçarienses que inspiram: Edicleia Pereira Dias

Camaçarienses que inspiram: Edicleia Pereira Dias

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.