Festa é marcada por fé e devoção

Iwwa Agência
Publicado 04/02/2011 05:02:02

Fé, devoção e muita alegria marcaram sexta-feira (04/02), a abertura da lavagem de Cachoeirinha, em Barra do Pojuca. A festa encerra segunda-feira (07/02), com o Baile dos Coroas.

Centenas de devotos seguiram o cortejo ao som de bandas de sopro, baianas e grupos folclóricos, como o Espermacete. Com aproximadamente dois quilômetros, a procissão saiu da Cascatinha em direção a capela de São Sebastião, padroeiro da localidade.

Realizada há 25 anos, a manifestação reforça o sincretismo religioso. Assim pensa o Tata N’’Kisce Manoel da Conceição, um dos precursores dos festejos. Nascido e criado na localidade, ele lembra que a lavagem de Cachoeirinha é única da orla do Município a sair das margens de um rio, como manda a tradição. “Camaçari é um celeiro cultural”, declara.

“A lavagem de Cachoeirinha faz parte da minha vida”, declarou o presidente da Câmara de Vereadores, José de Elísio. Nascido e criado na localidade, o presidente da Câmara Municipal ressaltou o potencial turístico da localidade. “Aqui é um lugar belo e com uma comunidade humilde, o que só agrega valor a festa”.

O presidente da Associação de Moradores de Cachoeirinha, Breno Alves, disse que a iniciativa resgata a cultura local e levanta a auto-estima dos moradores da localidade.

A baiana Carmélia de Jesus trouxe filhos e netos para participar da festa. “Faço questão de participar todos os anos da lavagem, pois isso é mais que tradição, é uma história de amor”, diz emocionada.

Moradora do bairro Piaçaveira, localizado na sede do Município, Manuela Lima, 21 anos, participou da festa pela primeira vez. “Sempre participo das lavagens do Município e não poderia ficar fora dessa”. E acrescenta, “Como todas as outras, a lavagem de Cachoeirinha é belíssima e tem as belas paisagens como diferencial”.

Participou também da lavagem, o secretário da Infraestrutura, Everaldo Alves, além de lideranças comunitárias.

 PROGRAMAÇÃO

Sábado (05/02), a partir das 19h, a praça da localidade recebe as bandas New Hit, Viola de Doze, Bonde dos Neuróticos e O Troco, que animará a multidão com muito samba e pagode. No domingo (06/02), a animação começa mais cedo, às 18h, e fica por conta das bandas Balanço Swing, Boquinha da Garrafa, No Styllo e do cantor Ed Vox. As comemorações encerram na segunda-feira (07/02), às 20h, com o tradicional Baile dos Coroas. Fazem a festa os grupos Fogo de Lenha e Santana Show, na sede da Associação do bairro.

Slideshow | 2 fotos

Festa é marcada por fé e devoção

Mais Notícias

Vacinação contra Covid segue nesta segunda (27) e aprazados da 2ª dose para a terça (28/9) devem antecipar a vacina

Vacinação contra Covid segue nesta segunda (27) e aprazados da 2ª d...

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 26 de setembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 26 de setembro de 2021

Camaçarienses que inspiram: Edicleia Pereira Dias

Camaçarienses que inspiram: Edicleia Pereira Dias

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.