Famílias reassentadas assinam contratos

Iwwa Agência
Publicado 12/08/2013 05:08:50

A assinatura dos 207 contratos de unidades habitacionais do Residencial Praia da Penha, empreendimento do programa federal Minha Casa, Minha Vida, foi marcado pelo sentimento de renovação das famílias retiradas das áreas de risco e de preservação permanente (APP), através das obras do Programa Municipal de Urbanização da Bacia do Rio Camaçari.

A cerimônia foi realizada na manhã desta segunda-feira (12/08), no auditório da Casa do Trabalho, e contou com a presença do prefeito Ademar Delgado, que parabenizou as famílias e as aconselhou a zelarem pelo novo patrimônio. “Sei que agora vocês terão a oportunidade de viver mais confiantes, em um local mais seguro, com área de lazer e uma melhor infraestrutura”, destacou.

O gestor aproveitou para falar da importância da obra de urbanização da bacia do rio Camaçari e do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida. “Durante muito tempo as pessoas ocuparam áreas inadequadas por não haver programas habitacionais, como os que existem atualmente e que têm mudado para melhor a realidade de muitas famílias”, avaliou o prefeito Ademar.

Emocionado e feliz, o ajudante de depósito Jideone dos Santos, 30 anos, revelou estar radiante e ansioso para ocupar a nova casa. Antes ele morava com a esposa e os três filhos pequenos em uma área ocupada no bairro Burissatuba. “Agora, tenho as esperanças renovadas e a certeza de que moraremos em uma casa confiável com melhores condições de vida”, disse ao agradecer à Prefeitura.

Grávida de um mês, Elisângela Lopes, que tem uma garota de 12 anos e um bebê de um ano, também acredita em novas perspectivas de vida. “Nossa família viverá com mais conforto e estabilidade, bem melhor do que antes, quando vivíamos em uma área ocupada no bairro Phoc II, sem energia elétrica e água encanada”, disse a autônoma, acompanhada do marido Sílvio André dos Santos.

O secretário da Habitação, João Bosco Quirelli, informou que o processo de ocupação do residencial Praia da Penha, composto por 460 unidades habitacionais, foi finalizado. Com os 460 imóveis do residencial Lucaia, também destinados ao reassentamento das famílias que viviam às margens do Rio Camaçari, a Prefeitura chega à marca de 920 famílias reassentadas. “Cada etapa concluída é considerada uma vitória para a administração e para os contemplados”, declarou o secretário.

A assinatura do contrato foi feita mediante senhas entregues anteriormente, sobretudo as de prioridade. O atendimento foi realizado com o auxílio de funcionários da Caixa e da empresa Hollus, contratada por meio de licitação para oferecer capacitação pós-ocupação, orientar os moradores sobre a formação de um grupo gestor e adaptar as famílias à nova modalidade de convivência.

ENTREGA DAS CHAVES

A partir de quarta-feira (14/08), as famílias que assinaram o contrato hoje devem se dirigir à Sehab para retirar a autorização para mudança e receber as chaves dos imóveis.

Para isso foi estabelecido um cronograma com data e horário previamente acertado, divididos de acordo com os blocos, conforme relação abaixo:

Dia 14/08

8h às 11h30 – Blocos 3, 8, 9, 17 e 18

14 às 16h30 – Bloco 14

Dia 15/08

8h às 11h30 – Bloco 15

14 às 16h30 – Bloco 16

Dia 19/08

8h às 11h30 – Bloco 22

14 às 16h30 – Bloco 23

Dia 20/08

Das 8h às 11h30 e das 14 às 16h30 – Blocos 10, 11, 12 e 13

Slideshow | 4 fotos

Famílias reassentadas assinam contratos

Mais Notícias

Sedur visita empreendimento instalado em Catu De Abrantes

Sedur visita empreendimento instalado em Catu De Abrantes

Serviço de urgência e emergência será ampliado em Camaçari

Serviço de urgência e emergência será ampliado em Camaçari

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 15 de outubro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 15 de outubro de 2021

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.