Famílias assistem desfiles cívicos do 7 de Setembro

Iwwa Agência
Publicado 08/09/2008 09:09:24

Aos poucos, os moradores de Camaçari começaram a tomar conta da avenida das Flores 2, no bairro da Gleba E, para assistir ao desfile cívico em comemoração aos 186 anos de independência do Brasil. A festa, realizada domingo (07/09), foi aberta às 9h, com o hasteamento das bandeiras de Camaçari, da Bahia e do Brasil. O desfile acabou meio-dia.

Acompanhada da filha e netas, Maria Rosa da Penha, 91 anos, fez questão de acompanhar de perto as comemorações, mesmo na cadeira de rodas e diante da grande concentração de pessoas. “Toda vida gostei de assistir ao desfile, não perco um ano”.

Joelia Araújo, 28 anos, saiu do Parque Verde para assistir ao evento. “Acho importante participar das comemorações desta data histórica, além disso, meu sobrinho desfila hoje”. “É muito bom manter a tradição de ir às ruas para comemorar a independência do Brasil”, disse Verônica Silva Mota, moradora do Phoc 2, que levou a filha para a avenida.

Quem tinha uma laje em casa, pode fugir do aperto das calçadas e assistiu o desfile na comodidade de casa e com uma visão privilegiada, do alto. Já secretários municipais, o tenente-coronel Alfredo Castro e o deputado estadual Bira Coroa acompanharam o desfile do palanque oficial.

“É muito bom ver a motivação dos estudantes e a participação popular nesta festa, que é a abertura do ciclo de desfiles cívicos do Município, que conta com o de Parafuso à tarde, o de Abrantes no dia 21, e é coroado com a emancipação de Camaçari no dia 28 de setembro”, afirma o deputado.

Cerca de 1.500 alunos de 12 escolas desfilaram na Gleba E. Os temas foram meio ambiente, arte-educação, educação tecnológica, esportes e feliz aniversário. Houve ainda a apresentação dos soldados do Tiro de Guerra, os desbravadores, a Filarmônica 28 de Setembro e as fanfarras da escola Máster, Fanesp, Fanesc, Fanesva e Bamuca.

PARAFUSO
Por volta das 15h, começou o desfile cívico de Parafuso, que teve como tema central Camaçari, 250 anos de história. A Fanesc (Fanfarra Estudantil de Camaçari) foi a primeira a se apresentar. Na seqüência, passaram a Creche Comunitária, a Associação de Moradores de Parafuso, Bamuca, as escolas Santo Antônio, Conceição de Maria, Eustáquio Alves, Colônia Montenegro e Cândida Cecília.

A apresentação terminou por volta das 17h, com o desfile da Fanesp (Fanfarra Estudantil de Parafuso). “Esses meninos são o orgulho de Parafuso. Realizam um lindo trabalho social”, disse o morador Jerônimo dos Santos, ao final do desfile.

Marilúcia Gomes era uma das mães ansiosas e orgulhosas. “Hoje é um dia especial, meu filho vai desfilar no 7 de Setembro pela primeira vez e está muito animado”. Itamar Pinheiro, 13 anos, foi outro que gostou de desfilar. “Foi muito bom, ano que vem quero participar de novo.”

O desfile de Parafuso contou com temas como desenvolvimento sustentável, pedido de paz, 30 anos do Pólo Petroquímico, proteção ao meio ambiente, entre outros.

Antes de a festa começar, a população aproveitou para se vacinar contra a rubéola. A Secretaria da Saúde (Sesau) de Camaçari disponibilizou uma equipe para realizar a imunização.

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 17 de setembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 17 de setembro de 2021

Defesa Civil interdita imóvel por ameaça de desabamento

Defesa Civil interdita imóvel por ameaça de desabamento

Projeto

Projeto "Das Telas às Imagens" promove exposição itinerante

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.