Evento prossegue nesta segunda-feira

Iwwa Agência
Publicado 09/09/2013 10:09:36

Camaçari possui mais de 90% dos elementos necessários para implantação do Sistema Municipal de Cultura. A informação foi divulgada pelo secretário municipal da Cultura, Vital Vasconcelos, durante a abertura da Conferência Territorial de Cultura, realizada na noite de domingo (08/09), no Teatro da Cidade do Saber.

De acordo com o secretário Vital Vasconcelos, para efetivar o sistema, a Prefeitura deve implantar o Plano Municipal de Cultura, que está em fase de sistematização e irá nortear as políticas culturais para os próximos 10 anos. 

Os outros critérios necessários já foram instalados no Município e consistem na criação da Secretaria da Cultura, órgão gestor exclusivo de política cultural, na implantação do Conselho e do Fundo Municipal de Cultura, assim como, na realização periódica das conferências da cultura, conforme preconiza o Ministério da Cultura. Após a conclusão, o plano deve ser apreciado pelo Conselho Municipal da Cultura e pela Câmara Municipal  

Durante a abertura da Conferência Territorial de Cultura, o secretário Vital Vasconcelos destacou que esta é uma boa oportunidade para que as outras nove cidades participantes do evento conheçam os trabalhos culturais promovidos pela administração municipal.

A programação prossegue nesta segunda-feira (09/09) com debates, apresentação das propostas e eleição dos delegados que irão representar os municípios do Território de Identidade da Região Metropolitana na Conferência Setorial, que antecede a etapa estadual, entre os dias 10 e 13 de outubro, em Alagoinhas.

A mestra do grupo Espermacete de Barra do Pojuca, Anatanildes Bomfim, mais conhecida como Nildes, considera importante o debate promovido durante as conferências. “As propostas que sairão daqui têm o objetivo de trazer melhorias para todos que lidam com a cultura na cidade”, constatou.

Os benefícios que podem ser conquistados com a implantação dos sistemas nacional, estadual e municipal de cultura tiveram destaque na mesa de abertura da Conferência Territorial. “Com os sistemas, haverá uma melhor distribuição de recursos entre o Estado, os municípios e a União, além de ser possível deixar claro o papel de cada ente federativo no campo da cultura”, afirmou o secretário estadual da Cultura, Albino Rubim.

Além de Camaçari, o Território de Identidade da Região Metropolitana é composto por Salvador, Candeias, Dias D’Ávila, Simões Filho, Madre de Deus, Lauro de Freitas, Salinas da Margarida, Vera Cruz e Itaparica.

O público da conferência foi recepcionado no foyer do Teatro da Cidade do Saber, com a apresentação do grupo de samba de roda Boi Janeiro de Parafuso. No teatro, o grupo de capoeira Engenho, da localidade de Vila de Abrantes, fez uma apresentação de Capoema, recital que utiliza músicas e instrumentos da capoeira, e o Balé Folclórico da Bahia fechou a noite com o espetáculo que mistura música e dança em manifestações como a dança do fogo, puxada de rede, maculelê, samba de roda e capoeira.

Participaram da abertura o secretário de Relações Institucionais, Anderson Santos, além de representantes das cidades que fazem parte do Território de Identidade da Região Metropolitana.

Slideshow | 7 fotos

Evento prossegue nesta segunda-feira

Mais Notícias

Vacinação contra Covid segue nesta quinta (28) com antecipação de doses

Vacinação contra Covid segue nesta quinta (28) com antecipação de d...

Curso prepara ambulantes e baianas de acarajé para o verão

Curso prepara ambulantes e baianas de acarajé para o verão

Membros do Conselho Gestor do Fundo de Habitação de Interesse Social tomam posse

Membros do Conselho Gestor do Fundo de Habitação de Interesse Socia...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.