Especialização encerra e traz benefícios à população

Iwwa Agência
Publicado 10/11/2016 01:11:10

Para promover mais benefícios, através de melhores práticas e serviços para a população de Camaçari, profissionais da Sesau (Secretaria da Saúde) participaram de especializações oferecidas pelo Hospital Sírio-Libanês e Ministério da Saúde com apoio da Prefeitura. Com alegria e descontração o encerramento dos cursos foi realizado na manhã desta quinta-feira (10/11), no Teatro Alberto Martins.

Os cursos foram os de Gestão da Clínica em Redes, Regulação em Saúde e Vigilância em Saúde. Nas especializações foram utilizadas metodologias diferentes que envolvem a prática e possibilitam a transformação profissional e pessoal, além de contribuir para o serviço e a população.

As metodologias utilizadas no curso foram Problematização e ABP (Aprendizagem Baseada em Problema), que segundo a representante do IEP (Instituto de Ensino e Pesquisa) do Hospital Sírio-Libanês, Luzmarina Braccialli, “possibilitam trabalhar com os problemas enfrentados no cotidiano para transformá-los com fundamentos teóricos”.

“Além de aperfeiçoar muito o profissional, o curso traz resultado também para o dia a dia. O benefício está para quem se especializa, para a população e a gestão” destacou o secretário da Saúde, Washington Couto. Que na oportunidade também anunciou aos presentes que pretende fazer uma publicação especial dos 16 trabalhos apresentados na Revista Baiana de Saúde Pública.

Alguns dos benefícios dos cursos para a população também foram citados pelo titular da Sesau, a exemplo da proposta de descentralização da Regulação paras as 45 unidades básicas de saúde. As sugestões feitas pelos especialistas já foram incorporadas pela gestão e estão no planejamento a partir de projetos-pilotos.

A enfermeira do DAB (Departamento de Atenção Básica) de Camaçari, Sônia Dias Miranda, 46 anos, se especializou em Vigilância em Saúde. No projeto desenvolvido pelo grupo da enfermeira o objetivo é implementar ações para melhorias das notificações de arboviroses em uma unidade de pronto atendimento em Camaçari, “porque é através das notificações que vai desencadear medidas de controle mais eficazes”, afirmou.

Cerca de 50% das pessoas que participaram do curso são profissionais de Camaçari, que foi uma das primeiras cidades do interior da Bahia a receber a ação. As aulas começaram em novembro de 2015 e foram voltadas para capacitar profissionais do SUS (Sistema Único de Saúde) para o aprimoramento das ações de vigilância, prevenção e controle de doenças e agravos de importância em Saúde Pública.

Na quarta-feira (09/11) o grupo esteve reunido e realizaram as apresentações dos trabalhos. Nesta quinta-feira, o encerramento também contou com a exposição de pôsteres dos trabalhos e as atividades seguem no turno da tarde com avaliação de desempenho, na Cidade do Saber.

Os cursos aconteceram ainda em parceria com o CONASS (Conselho Nacional de Secretarias Estaduais de Saúde) e o CONASEMS (Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde) e conta também com apoio da SESAB (Secretaria da Saúde do Estado da Bahia) e da Secretaria Municipal da Saúde de Salvador.

Estavam presentes a secretária de Governo, Leda Duarte, e a representante da Escola Estadual de Saúde Pública, Miralva Ferraz.

Slideshow | 4 fotos

Especialização encerra e traz benefícios à população

Mais Notícias

Sedes promove evento de reafirmação da campanha Respeite Meu Nome

Sedes promove evento de reafirmação da campanha Respeite Meu Nome

Cadastro de logradouros do município é tema de reunião

Cadastro de logradouros do município é tema de reunião

Reunião trata sobre os novos passos do Sesau Fila Zero

Reunião trata sobre os novos passos do Sesau Fila Zero

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.