Esforço para por fim ao problema

Iwwa Agência
Publicado 05/02/2014 05:02:45

A Comissão de Acompanhamento, formada por técnicos da CMA (Coordenadoria do Meio Ambiente) da Sedur (Secretaria do Desenvolvimento Urbano), do Inema (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos), da Cetrel (Central de Tratamento de Efluentes Líquidos) e do COFIC (Comitê de Fomento Industrial de Camaçari), volta a se reunir na sexta-feira (07/02) para identificar e solucionar o problema do mau cheiro que vem causando transtornos à população de Camaçari.

Diante das dificuldades para encontrar a origem do problema, na terça-feira (04/02) a Comissão decidiu pela contratação imediata da empresa Cetind para analisar a qualidade dos efluentes gerados no Município e encontrar a origem do odor. 

Dentro de 10 dias, a Cetind deve dar início à análise de efluentes gerados, exclusivamente, no Polo Industrial e os de origem doméstica, gerados no Município, informou a coordenadora do Meio Ambiente, Marinalva Cruz. “Não há dúvida de que o mau cheiro vem de compostos de enxofre. Mas o Inema somente nos dará um parecer quando esgotarem as vistorias às empresas do Polo”, justificou.

A comissão é composta também por técnicos da Sedec (Secretaria do Desenvolvimento Urbano), da Sedur, por membro do Conselho Municipal do Meio Ambiente, o qual deve fazer parte da sociedade civil e por um representante do MPE (Ministério Público do Estado).

 

REDUZ RECLAMAÇÃO

 

O índice de reclamação da população em relação aos odores no Município diminuiu em torno de 90%, desde o último dia 28. A informação é da Coordenadoria do Meio Ambiente da Sedur (Secretaria do Desenvolvimento Urbano). “De fato, perceptivelmente, os odores estão mais brandos”, pontuou a coordenadora do Meio Ambiente, Marinalva Cruz.

“Desde o dia 28 de janeiro só voltamos a ter uma reclamação na segunda-feira (03/02), vinda do bairro Gleba C. Nós fomos lá e verificamos a incidência do cheiro, por volta das 8h30”, relatou a coordenadora Marinalva Cruz. “A incidência foi comunicada à empresa Cetrel, que, prontamente, informou a direção dos ventos naquele momento, mas era contrária ao bairro, o que dificulta identificar de onde veio o odor”, explicou.

BOLETINS

Os primeiros boletins de monitoramento da qualidade do ar, realizados pela estação móvel da Cetrel, foram divulgados na terça-feira (04/02). Os resultados indicam normalidade do ar e trazem informação desde o último dia 31 de janeiro.

Situado em local estrategicamente pensado por técnicos, a estação de monitoramento está localizada no Centro Administrativo do Município e capta o ar dos bairros Inocoop, Ponto Certo, Piaçaveira, Novo Horizonte, além da região do CAD.

“A estação permanecerá no Centro Administrativo o tempo necessário para que as análises sejam completas”, adiantou a coordenadora do Meio Ambiente, Marinalva Cruz.

Foto: Agnaldo Silva

A coordenadora do Meio Ambiente, Marinalva Cruz -

Mais Notícias

Bolsa Família Itinerante chega ao bairro Gravatá

Bolsa Família Itinerante chega ao bairro Gravatá

Mais de 45 escolas receberam melhorias nos últimos três meses

Mais de 45 escolas receberam melhorias nos últimos três meses

Readaptação e entusiasmo marcam volta às aulas da Pracinhas da Cultura

Readaptação e entusiasmo marcam volta às aulas da Pracinhas da Cultura

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.