Entidade promove caminhada

Iwwa Agência
Publicado 27/08/2010 05:08:57

Uma caminhada pelo centro de Camaçari encerrou a 21ª Semana da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla.  

O evento, que aconteceu sexta-feira (27/08), foi promovido pela Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Camaçari e contou com a participação dos jovens portadores de necessidades especiais.

A marcha, que teve início na sede da Apae, no bairro Camaçari de Dentro, percorreu diversas avenidas da cidade, finalizando na praça Abrantes. Cerca de 200 pessoas participaram da caminhada, entre elas alunos de escolas municipais como Caic (Centro de Atendimento Integral à Criança), Assembléia de Deus, Associação Pestalozzi, Normal de Camaçari e Cleuza Maria. A parte musical da caminhada ficou por conta da Bamuca (Banda Municipal de Camaçari).

Este ano, o tema da campanha foi Autogestão e Autodefensores: conquistando caminhos para ser e conviver.

O objetivo foi despertar a conscientização da população no que diz respeito aos direitos e deveres dos portadores de necessidades especiais, tais como saúde, educação, lazer, inclusão social, mercado de trabalho, entre outros.

Durante toda semana aconteceram diversas atividades em comemoração aos deficientes, entre elas batizado de capoeira, palestras, passeios e também a participação dos alunos da Apae no 7º Campeonato Inclusivo de Handebol, realizado em Salvador, que rendeu ao Município o 1º lugar na competição.

De acordo com a diretora da Apae Camaçari, Adalgisa Leitão, esta foi uma semana especial.

“A comunidade precisa acreditar mais no potencial dos portadores de deficiência, pois eles têm capacidades infinitas”, enfatiza. 

A passeata contou com apoio da STT (Superintendência do Trânsito e Transportes) e da Polícia Militar.

 APAE

Graças ao convênio da Apae com as secretarias municipais da Educação (Seduc) e da Cultura (Secult), são garantidos diversos benefícios aos portadores de deficiência.

Atualmente, a instituição atende 230 pessoas, com idades entre 5 e 18 anos, portadoras de deficiência intelectual, auditiva e múltipla.

O conceito educacional da Apae Camaçari é baseado na prática de esportes, artes e preparo para inserção no mercado profissional e na educação regular.

A aluna da Apae, Adilma Silva, afirmou que deve muito do seu aprendizado a instituição.

“Hoje consigo fazer coisas que antes, para mim, pareciam impossíveis”, disse.

Foto: Nelinho Oliveira

Caminhada da APAE percorreu várias ruas da cidade -

Mais Notícias

Vacinação contra Covid será suspensa em Camaçari nesta terça (28)

Vacinação contra Covid será suspensa em Camaçari nesta terça (28)

ISSM e Secad promovem Seminário sobre Previdência para servidores de RHs

ISSM e Secad promovem Seminário sobre Previdência para servidores d...

Abertas inscrições para cursos de qualificação profissional em Barra do Jacuípe

Abertas inscrições para cursos de qualificação profissional em Barr...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.